sexta-feira, dezembro 02, 2016


Homicídios da Policia Civil apreende garotas que mataram idoso a pauladas no Balneário Rio Verde

0

O Setor de Homicídios da Policia Civil de Ponta Grossa, que é comandado pelo delegado Mauricio Souza da Luz, identificou as autoras do crime que matou Nelson Ricardo Volf, 66 anos, que foi assassinado por espancamento,e o corpo deixado no meio do mato na região do Balneário Rio Verde.

Uma parente da vitima de 17 anos, confessou que matou Nelson juntamente com outras duas amigas menores de idade,uma de 14 e outra de 15 anos.

Ela foi apreendida pela equipe do Setor de Homicídios com mandado de busca e apreensão na tarde desta sexta feira (02/12).

O corpo de Nelson foi encontrado por volta das 10h30 no Rio Verde próximo ao seu carro, no dia 23 de novembro, ele apresentava muitos ferimentos na cabeça e seus pés estavam amarrados.

Segundo as informações os motivos da morte teriam sido, por agressões e ameaças contra a esposa da vitima.

O plano da menor, seria levar o Nelson até um lugar ermo e mata-lo com a ajuda das outras duas menores, suas amigas.

Duas facas teriam sido levadas por elas até o local dos fatos, a vitima teria sido convencido a ir até o Balneário Rio Verde, lugar este que segundo as informações ele não conhecia, mas a garota, teria dito, que lá teria um bar e eles poderiam tomar umas cervejas juntamente com as outras duas menores.

Chegando no local ele teria desconfiado e teria tentado ir embora,mas a chave do carro teria sido escondida, ele teria saído a pé dizendo que ia atrás de um chaveiro, as menores saíram correndo atrás e ele ao tentar fugir se enroscou em um arame farpado, neste local ela, teria dado uma facada nele, mas  como a faca quebrou, ela pegou um pedaço de pau e começou a espancar a vitima até mata-lo.

Após ver que ele não se mexia mais, ela pegou a carteira dele, pois havia prometido dinheiro para as amigas, o dinheiro que estava no bolso ela não achou, porque queriam ir embora .

Na carteira havia 50,00 reais e documentos que foram jogados na região central, elas deixaram o corpo no mato e foram a pé até o Terminal de Uvaranas, de lá chamaram motoboys para irem embora.

O dinheiro no bolso da vitima, uma quantia razoável não foi encontrada, pois elas não procuram, porque segunda a acusada o cheiro de sangue era muito forte.

Após ser pedido os mandados de busca e apreensão no nome das três menores, a equipe do Setor de Homicídios foi para a rua na tarde de hoje e conseguiu localizar duas delas , a parente da vitima e uma amiga, a outra menor de 14 anos, não foi localizada.



Relembre o caso: Matéria postada (23/11)




O corpo do motorista de caminhão,Nelson Ricardo Volf, 66 anos foi localizado hoje de manhã no meio do mato bem próximo da entrada do Balneário Rio  Verde.

Populares ligaram para a Policia Militar avisando que havia um carro abandonado no local.

A equipe deslocada para verificar , localizou o carro, e logo depois os policiais localizaram o corpo da vitima.

A cena do crime foi isolada e os demais órgãos competentes foram acionados para se deslocarem até o local.

Instituto de Criminalística realizou os levantamentos no local, verificando que a vitima teria sido morta possivelmente na noite de ontem, havia dinheiro e outros pertences no bolso da bermuda da vitima , mostrando que o assassino, ou assassinos não queriam roubar, o carro da vitima também foi deixado no local.

Nelson apanhou muito antes de morrer, ele estava com as pernas amarradas com um pedaço de fio elétrico e seu rosto e sua cabeça muito machucados e com muito sangue.

A Policia Civil enviou uma equipe do Setor de Homicídios para cuidar do caso, a qual colheu dados para iniciar as investigações, uma equipe do Setor de Inteligência da Policia Militar, também esteve no local.

O corpo de Nelson Ricardo Volf, 66 anos, que possivelmente foi morto a pancadas, foi recolhido por volta das 11h45 da manhã de hoje pelo IML.





















Mulher morre ao ser atropelada na Souza Naves,duas famílias reconheceram o corpo no IML

1

O atropelamento aconteceu na noite de ontem por volta das 21h30 quase em frente a Tapeçaria Lirio na Avenida Souza Naves.

A mulher que foi atropelada , segundo o motorista do Fiat Doblò, teria atravessado a pista e entrado na frente do seu carro, não dando tempo de evitar o acidente.

Uma equipe Bravo do Samu estava se deslocando para uma ocorrência na região da Nova Rússia, quando se depararam com a ocorrência, a equipe rapidamente deu atendimento e acionou a VIR com a equipe médica, sendo então constatado o óbito da vitima, a qual ainda não foi identificada.

Segundo as informações dois nomes surgiram para a vitima, o primeiro seria Marli, o segundo nome Viviane, as duas famílias estão dizendo se tratar da pessoa, e reclamando o corpo para poder velar e realizar o enterro.

Desta forma o IML, está providenciando o exame de datiloscopia para verificar através das impressões digitais a verdadeira identidade da vitima.

Segundo as informações apuradas, ainda hoje, o IML terá a identificação oficial da vitima do atropelamento.

Assim para uma família resta tentar se conformar e a outra, a continuar a procurar por sua ente querida.
......

Por volta das 12h saiu o resultado do exame, e foi reconhecida oficialmente a vitima como sendo a moradora da Bela Vista, Marli Oliveira, 47 anos.
                            
                                          Reprodução: Enviada por familiares


.......   
A fotografia é obra intelectual
E é protegida pela lei, art. 7., inc. VII, da Lei 9610/98:

Aviso !!!

A reprodução de imagens desta página em sites, grupos ou de qualquer forma sem autorização do administrador desta página está expressamente proibida.