sábado, dezembro 07, 2013


Megaoperação da DENARC prende 22 traficantes e apreende grande quantidade de drogas em Ponta Grossa

0

Megaoperação da DENARC prende 22 traficantes e apreende grande quantidade de drogas em Ponta Grossa

           A Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC) – Núcleo Ponta Grossa deflagrou no início da manhã de hoje uma Megaoperação de combate ao tráfico de drogas na cidade. Durante a ação de hoje foram cumpridos 12 mandados de prisão e 13 mandados de busca e apreensão.
            A operação contou com o apoio de cerca de 50 policiais civis dos Núcleos da DENARC de Ponta Grossa, Curitiba e Região Metropolitana, além de equipes do COPE (Centro de Operações Policiais Especiais) e do TIGRE, grupo de elite da Polícia Civil Paranaense.
Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos nos Bairros Santa Paula, Dom Bosco, Vila Nova, Uvaranas, Parque Auto Estrada, Jardim Boreau, Vila Idelmira e Jardim Itapoá.
Durante o cumprimento de buscas na residência de um dos investigados na manhã de hoje ainda foram encontrados 90 gramas de cocaína, 16 munições e R$ 1022,00 reais em dinheiro.
            Segundo o delegado titular da DENARC, Eduardo Machado de Oliveira, os policiais desarticularam duas quadrilhas responsáveis pela distribuição de grandes quantias de drogas na cidade de Ponta Grossa-Pr. A maioria dos presos nesta manhã já possuía passagens por tráfico de drogas, dentre outros crimes.
            No decorrer das investigações, que duraram dois meses, os investigadores prenderam sete pessoas em flagrante e apreenderam em poder de integrantes das quadrilhas 15 quilos de maconha e 4,5 quilos de crack.  A droga está avaliada em aproximadamente R$ 200.00,00. (Duzentos mil reais).
            “Os grandes fornecedores de uma das quadrilhas são presos da Penitenciária Estadual de Piraquara que, utilizando-se de aparelhos celulares que entram clandestinamente nas celas, negociavam entorpecentes com Admir Tizoni, alvo principal da Operação”, explica Eduardo Machado.
              O delegado da DENARC relata que os investigadores conseguiram identificar os presos ligados a Admir Tizoni que forneciam drogas para ele, os quais também tiveram a prisão preventiva decretada.
            Admir Tizoni já havia sido preso pela DENARC no ano de 2008, e, na época, era apontado como o número 01 do cartel de drogas de Ponta Grossa. Neste ano, no mês de Julho, o investigado foi posto em liberdade e retomou a prática do tráfico de drogas com grande intensidade.
            As investigações levaram os policiais a descobrir diversos outros traficantes atuantes no tráfico de drogas na cidade e que mantinham contatos diários com “Tizoni”. Assim, foram decretadas e deferidas pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Ponta Grossa as prisões preventivas de todos os criminosos.
            A presente investigação também permitiu que os policiais recapturassem no dia 30 de Outubro o foragido da Justiça Sergio Paulo Valentim, acusado de ser o mentor do arrebatamento de nove presos da Delegacia de Polícia de Irati que ocorreu no dia 23 de Agosto de 2013.
            Ao todo, a Megaoperação deflagrada hoje resultou na apreensão de cerca de 19,6 quilos de drogas,  além de veículos e dinheiro, bem como na prisão de 22 pessoas.
            Os presos foram encaminhados para a Cadeia Pública Hildebrando de Souza, onde permanecem à disposição da Justiça.
            Quem tiver informações sobre o tráfico de drogas na região dos Campos Gerais pode ligar para o Núcleo de Ponta Grossa da DENARC no telefone (42) 3229-4485.

Relação de presos na presente Operação “Santa”:

- Admir Tizoni, o “Véio Tizoni”.

- Cristiane Ferreira de Oliveira Vaz, a “Cris”.

- Sabrina Soraia Tizoni.

- Rodrigo Fiola, o “Dalabona”.

- Josnei Lima Ferreira, o “Geladinho”.

- Joseane Rocha Almeida, a “Nana”.

- Erisson Ortiz Silva, o “Erick”

- Aghatys Kayke Luiz

- Maiara do Bonfim

- Deonisio Antonechen

- Carlos Henrique de Lima, o “Carlinhos”

- Geraldo das Chagas, o “Naco”

- Maria Gabriela dos Anjos, a “Gabi”

- Valdir Angieski

- Cristiano Nascimento, o “Cristianinho”

- Sérgio Paulo Valentim, o “Thiaguinho”

- Diego Rodrigo Quentin Blageski, o “Diego Touro”

- Claudia de Almeida Brigolla

- José Roberto de Oliveira, o “Chuteira”

- Wilherson de Freitas, o “Urso”.

- Giorgio Arruda, o “Pato”.

- João Roberto Antunes Lemes, o “Alemão”.






Chegada na casa de Rodrigo Fiola, vulgo Dalabona


























0 comentários:

Postar um comentário