quinta-feira, janeiro 30, 2014


Estupro: Homem é preso pela Policia Civil por estuprar idosas em asilo.

3
Dono de asilo preso por estuprar idosas

Policiais civis da Delegacia de Pinhais prenderam, no final do ano passado, Juvenal José de Freitas, 52 anos, dono de um asilo no município. Segundo a investigação, ele se aproveitava do momento em que as idosas do asilo estavam dormindo e violentava algumas delas. “Temos relatos de duas vítimas, com idades acima de 70 anos. Como o asilo funcionava já há um bom tempo, há suspeita de que outras idosas tenham sido violentadas por ele e já tenham até morrido”, contou o delegado titular da Delegacia de Pinhais, Marcelo Magalhães.

Segundo o delegado, uma das vítimas foi obrigada a praticar sexo anal com o homem. Ele usou de força para conseguir isso, deixando o corpo da mulher cheio de hematomas. “Toda machucada, ela contou para uma das enfermeiras da casa, que procurou a assistência social do município, que repassou o caso ao Ministério Público que nos encaminhou. Daí iniciamos a investigação que culminou com a prisão de Freitas, no próprio asilo, no dia 18 de novembro”, contou o delegado.

Inicialmente, o tarado teve prisão temporária de 30 dias, para que a história fosse melhor esclarecida. “Depois desse período, chegamos à conclusão que ele realmente era o autor dessas atrocidades. Foi então convertida a prisão dele em preventiva”, disse o delegado, destacando que a história só foi divulgada hoje porque ele aguardava a transferência do homem para uma carceragem onde há o chamado “seguro” para presos que cometem violência sexual.

Magalhães explicou que como todo o caso já foi acompanhado pelo MP, já não é mais um inquérito e sim uma ação penal por, já que o Poder Judiciário já recebeu a denúncia contra Freitas por estupro de vulnerável.
Fonte: PC/PR


3 comentários:

Jonathan Berger disse...

Vagabundo tem que se fode

Anônimo disse...

Imundo tem que apodrecer na cadeia e ser mulhersinha para ver se e bom!

Anônimo disse...

tem que ser mulherzinha na cadeia este imundo apodrecer la!

Postar um comentário