quarta-feira, março 12, 2014


Prejuízo de mais de 300 mil reais: Policia Civil prende golpistas que fingiam ser líderes espirituais para enganar suas vítimas

0

Na manhã da última segunda-feira (10), policiais civis da Delegacia de Estelionato e Desvio de Carga (DEDC) desmantelaram uma associação criminosa formada por três estelionatários, dois deles se identificando como guias espirituais, que lesaram uma vítima em R$ 326,1 mil. 

Estão presos Israel Marcos da Silva, 46 anos, Rosa Maria Marques de Andrade, 46 anos, conhecida como “Mãe Rosa” e seu esposo, Natálio de Jesus Ribeiro Filho, 52 anos, o “Pai Ribeiro”. Dois carros de luxo, uma arma, joias e dinheiro também foram apreendidos com os golpistas.

Segundo o delegado-adjunto da DEDC, Matheus Laiola, há alguns anos a vítima começou a frequentar a Israel Marcos Clínica de Estética, de propriedade de Silva, localizada na Rua Presidente Taunay, no Batel, em Curitiba.
“Silva passou a ter conhecimento do alto padrão vivido pela vítima, e sabedor que ela estava passando por problemas familiares, lhe indicou um 'Terreiro' de nome Mãe Rosa de Curitiba, localizado na Rua Teodoro Czyer, no Jardim das Américas”, contou o delegado.

Este “Terreiro” é dirigido pela “Mãe Rosa” e pelo “Pai Ribeiro”. “Silva foi com a vítima até este 'Terreiro' e após a consulta, 'Mãe Rosa' perguntou à vítima se ela gostaria de fazer um 'pacto com a casa'. Fragilizada e não sabendo das consequências, ela aceitou. Naquele momento, a 'Mãe Rosa' disse que a vítima teria que pagar R$ 200 mil, sob pena de diversos males que poderiam ocorrer com ela e sua família”, contou Laiola.
Assustada, a vítima procurou Silva, que colocou mais medo nela ainda, dizendo que com a “Mãe Rosa” não se brinca e que ela teria que pagar o valor exigido. “Mesmo após o pagamento do valor inicial, o trio de golpistas preso sempre falava em outros valores adicionais. No total, o prejuízo ultrapassou os R$ 300 mil”, explicou o delegado.

Durante a investigação ficou comprovado o vínculo criminoso entre “Mãe Rosa”, “Pai Ribeiro” e Silva. “Foi representado pelas prisões temporárias do trio, além de mandados de busca e apreensão nas residências dos alvos e na clínica”, contou o delegado.

Foram apreendidos dois veículos de alto padrão (importados) que estavam com os estelionatários: uma Land Rover Freelander (em nome da vítima e que estava com Silva) e uma Pajero Dakar, que estava com “Mãe Rosa” e foi comprada com parte do dinheiro da vítima.

Com “Pai Ribeiro” foi encontrada uma pistola 380. Ele foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo também.

Na residência do casal, foram encontrados e apreendidos joias e dinheiro. “Há provas cabais de que Silva levou a vítima para o 'Terreiro' da 'Mãe Rosa' e do 'Pai Ribeiro' para lá enganarem a vítima, lesando-a financeiramente”, disse Laiola, destacando que o vínculo é intenso entre os estelionatários, que se aproveitaram da fragilidade emocional da vítima para lesá-la.

De acordo com o delegado-titular da DEDC, Marcelo Lemos de Oliveira, “com a divulgação desta investigação, acreditamos que outras vítimas destes estelionatários possam surgir. Elas deverão vir até a DEDC para investigarmos caso a caso”.
Fonte e fotos: Policia Civil-Pr.











0 comentários:

Postar um comentário