sexta-feira, março 14, 2014


Ex sargento do exército é alvejado com dois tiros na XV, o autor o dono de um restaurante no centro

34

Tiros  no centro , dono de restaurante da Rua Santana atira contra um cliente, por volta das 12h15 de hoje...
O autor dos disparos Egilson José da Luz, 44 anos mais conhecido como Gilsinho foi preso logo em seguida pela Guarda Municipal com apoio da PM.

A vitima o sargento do exército aposentado Arandy Ferreira da Costa 52 anos, foi levado pra Santa Casa onde não resistiu e veio a óbito

Ele levou dois tiros, um no maxilar e outro no tórax. 
Ele foi foi atendido no local por uma equipe do SIATE e pela equipe da Alfa do SAMU
Segundo as informações do autor dos disparos no momento que ele foi preso, a causa da sua atitude teria sido o assédio por parte da vitima para com o filho do autor (um menino de 10 anos), fato este que teria até mesmo motivado Egilson a registrar um boletim de ocorrência contra a vitima, na quinta feira ele teria estado na delegacia cobrando providências sobre o caso.
Depois posto mais fotos e mais detalhes.






















34 comentários:

Anônimo disse...

Quual mo motivo?

sueli Fundibem disse...

Desculpe mais vai saber qual foram os motivos dele, pra ter feito uma coisa dessas.

Jose Mauri Silva disse...

Caraca não acredito esse senhor é do restaurante LUANA, ontem ainda almocei lá, ele parece ser um cara bem pacato, dificil falar oque pode ter acontecido.

cesarbaranhuk@gmail.com disse...

segundo comentarios foi menos um

Anônimo disse...

O Sr. Gilson é uma pessoa íntegra. Alguém aí diga se não mataria a pessoa que tentasse estuprar um filho seu?????
Eu mataria sem pensar duas vezes.

eliseu mattos disse...

com toda certeza é um cidadão de bem e trabalhador !!!! pense c coloque no lugar seu Gilsinho o cara assediando o menino d 10 anos né é muito foda c ele fez boletim de ocorrencia
e estava pedindo providencia então não foi atoa !!!!!

Anônimo disse...

O nosso sistema de leis, o qual as vezes protege bandidos como esse pedófilo, q diz q naum pode prender pq assédio é só a intenção, e tem q ter provas e na basta a denuncia, faz qualquer pai perder a cabeça
tentar proteger e evitar o mal a um filho, q atire a primeira pedra quem naum faria isso p proteger o filho...

Anônimo disse...

Agora o pedófilo vai assediar o capeta...maldito...

Anônimo disse...

c for verdade o assédio olha dois foi pouko porq o Sr Gilsinho é um cidadão tranquilo e trabalhador honesto ele não faria isto para destruir e sujar as mão com sangue então e outra coisa ele até fez boletim pedindo providência .

Anônimo disse...

e so ler a reportagem para saber o que aconteceu.....

Anônimo disse...

Se eu fosse ele faria a mesma coisa vagabundo tem morrer mesmo, Parabéns a esse pai que defende os seus filhos.....

Ivan Santos disse...

pqp assediando um garoto de 10 anos! pai defendendo um filho

Anônimo disse...

Realmente o sr Gilson trata-se de uma pessoa pacata e idônea que acabou perdendo a razão em defesa do filho menor que esse sargento aposentado vinha assediando e provavelmente outras crianças também ter sido molestadas por ele, espero que ocorram manifestações para mostrar o verdadeiro culpado por esse crime. Se esse cara tivesse boas intenções não teria voltado a infernizar o Gilson e sua família no restaurante sabendo que tinha um BO contra ele, infelizmente a justiça deixa a desejar e pessoas trabalhadoras e honestas pagam o preço. Eu tenho uma filha e certamente se um vagabundo fizesse algo contra a hora dela eu também perderia a razão. Estou triste pelo Gilson e por sua família, peço a Deus força para eles enfrentarem essa batalha.

Anônimo disse...

também mataria a paulada

Anônimo disse...

Meu Deus,a que ponto chegamos!!! Ter que fazer justiça com as próprias mãos pq esperar que o pior aconteça não dá,o Gilson já tinha denunciado o desgraçado e a polícia tava esperando o quê!? Ele estuprar o menino de uma vez?! Agora ele que vá perturbar o diabo!!! Pena que o homem honesto vai ter que carregar este triste fato pro resto da vida,mas Deus é maior Gilson e perdoa...nEle vc pode confiar...Ele vai te ajudar tirar este peso dos teus ombros.Que Deus te proteja e tbm a família deste outro infeliz que não tem culpa de nada.

Anônimo disse...

Aí que eu me refiro. Pedofilia deve ser tratado dessa forma.

Anônimo disse...

exato esses malditos tem que ser exteminados!!!

Anônimo disse...

Qualquer pai/mãe faria o mesmo..
Justiça nesse país, realmente é uma piada...

Anônimo disse...

GENTE ESSE PAI SO FEZ JUSTIÇA JA QUE A JUSTIÇA E DEMORADA QUASE PARADA!!!!!!!!!!!!!!!PEDOFILO TEM Q MORRER!!!!!!!!!!!!!!! DA MUITO DO DO PAI UM HOMEM DE BEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

GENTE A POLICIA TEM Q ACORDAR E VER !!!!!!!!!!!!!!!!!UM PAI IMPLORANDO POR JUSTIÇA!!!!!! ACABA FAZENDO COM PROPRIAS MAOS JUSTIÇA!!!!!!!!!!!!!!!!POIS AQUI NO NOSSO BRASIL E UMA VERGONHA PEDOFILOS BANDIDOS TUDO FAZEM O Q QUQEREM!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

com certeza qualquer pai que ama seus filhos faria o mesmo, se a policia não faz nada, ele mesmo fez justiça com as próprias mãos, ou iria deixar acontecer algo pior com o filho??? só espero que esse senhor não fique atrás das grades, só tava defendendo o que era dele........

Luiz Henrique disse...

A nossa lei só protege bandidos que um dia ou outro acabam com a vida de uma pessoa de bem.
Ai um exemplo, se tivessem tomado providencia quando foi feito o boletim não teria acontecido isso. Um cara de bem e trabalhador como o Gilson não merecia isso!
Falha da justiça!

Anônimo disse...

ele ainda teve paciência se fosse comigo ja teria virado comida de pexe antes do BO.

Anônimo disse...

parabéns p/ seu Gilson ...
teve que defender seu filho c/ as próprias mãos; 2 tiros foram poucos p/ uma pessoa dessa...

Anônimo disse...

Que coisa mais vergonhosa p/ nós!!!
um Sargento da polícia aposentado... que foi ensinado p/ defender a população principalmente os menores e indefesos; praticar um ato desses é REVOLTANTE...
Sr. Gilson não fez nada que qualquer outro pai ou mãe não faria p/ defender seu FILHO , já que o mesmo tinha procurado e pedido providencias a delegacia e seus superiores ...
Como não foi atendido teve que sujar suas mãos c/ um crápula desses e ainda vai ser acusado como ASSASSINO !!
ISSO É DE DEIXAR A FAMÍLIA E A POPULAÇÃO INDIGNADA...

Anônimo disse...

Devia ter cortado o ..... e deixado viver

Telma Hohmann disse...

Ninguém registra um BO pelo prazer de ir à uma Delegacia de Polícia. O problema é que isso não resulta em nada. Tenho pena da família do desgraçado, mas, mais pena ainda de um pai, que tal como qualquer outro, na iminência de um problema maior, vê-se em meio a um turbilhão de sentimentos que vão do desprezo, medo ao pânico. Que o ordinário morto seja lembrado por quem está sempre à espreita, tentando, como ele, ao que parece, vivia fazendo. Um podre a menos na cidade

Anônimo disse...

com certeza p o Gilsinho fazer isso e pq a justiça nao tomou providencia,se fosse com minhas filhas eu mataria mas eu nao daria tiros nao eu picava aos poucos esse vagabundo,esperamos que a justiça compreenda esse pai trabalhador e nao o deixe na prisao ,pq o povo conhece o Gilson e sabemos que ele e do bem.,e para quem o conhece fica aqui meu apelo vamos fazer alguma coisa para ele ficar em liberdade, passeata, qualquer coisa para a justiça entende que estamos do lado do Gilson ele so defendeu seu filho da mao de um marginal,filho da p......,entao povo vamos mostrar que quando nao tem justiça para vagabundo nao e a justiça prendendendo um pai honesto que irao mostrar serviço.

Anônimo disse...

Quem conhe e o Gilson sabe q ele é um cara honesto,humilde, de bom caráter ..sempre ajudando o próximo.. Deus conhece o coração de cada um..q Ele de mta força pra família!

Paulo Barros disse...

De tudo que esta na matéria é verídico, ele não fez nada de errado, e no papel de pai de família não existem alternativas quando se trata de um pedófilo assediando um filho seu! Defesa da honra de um filho seu é mais do que justificativa para se mandar um pedófilo para o inferno!

everson cordeiro disse...

Parabéns ao empresário que teve uma atitude digna de um pai de família,vagabundo como esse tem que morrer,e a polícia não podia ter prendido ele nem um momento,teria é que ter dado um troféu para ele...Parabéns a esse pai...

Anônimo disse...

Se tudo o que esta sendo exposto for verdade. Se as investigações apontarem isso. Se o morto praticou ou praticava tais atos. Se o promotor não viesse a público afirmar que nada foi comprovado contra o morto. Se e somente se ficar comprovada a culpa. Até então o que se tem são relatos que se contradizem. Uma suposta vítima que foi ouvida por quem? Com acompanhamento de quem? Tudo muito nebuloso, mta informação e nada de provas concretas. O que tem-se de concreto foi um assassinato em plena luz do dia. Será que os motivos foram esses mesmos? Não terá sido um engodo para um acerto de contas e a tentativa de colocar a sociedade ao seu favor? Nem tudo que parece é. Quantos de nós temos subsídios suficientes para condenar o morto à morte? Onde está o porte de arma do cidadão em questão? É fácil acusar, mas é preciso provar, senão estaremos compactuando com uma série de desmandos. É preciso cautela para dar um veredicto final onde apenas uma parte está tendo direito de resposta. Não estou aqui para inocentar nem der defender pedófilo. Mas não estou aqui para condenar quem não existem provas cabais de que se trate de um pedófilo.

Anônimo disse...

Existia um B.O contra o tal Arandy e o mesmo continuava frequentando o local onde estava a suposta vítima? Sem mais nem menos o cara vai almoçar onde sempre almoçou e é morto? e se foi premeditado? Armado desde o início com B.O. com a palavra pedófilo dita na hora que o homem saía do restaurante já prevendo que alguém ia repudiar e não deixa-lo sair? Alguém nunca ouviu falar de crimes arquitetados pelos motivos mais torpes possíveis? Eis que em Ponta Grossa surge alguém que leva a palavra heroísmo a sério e põe a mídia e a sociedade em sua defesa... belo palanque eleitoral. Talvez esse senhor que matou um, mate dois ou três. O outro dizem que era pedófilo. Ele com certeza é um assassino. A sociedade deveria pensar que o suposto( suposto sim porque até agora ninguém provou nada) pedófilo está morto, mas que o assassino está vivo.

Anônimo disse...

Em primeiro lugar como anônima não estou aqui para julgar os comentários acima cada um pensa como quiser e achar que entendeu alguma coisa. Quero apenas expor meu parecer ao que observei em relação a esta caso. Ao ouvir o pai notei ser uma pessoa simples trabalhadora e honesta e que não teria intenção alguma em cometer homicidio, se ele tinha porte de arma ou não não é da minha conta quem tem que ver isto é a polícia, o que tbm acho que o povo foi burro demais em desarmar pessoas de bem e como disse este pai aflito sabia que não conseguiria lutar com com a vitima pois seu porte era bem mais avantajado que o dele , só sei que notei neste pai muita angustia ,ele realmente desesperou-se e sua cabeça ficou um turbilhão e a vitima do homicidio também não era nem um santo, ok ele está morto mas ainda temos a testemunhas ninguem em sã consciência vai testemunhar algo que não viu ou ouviu certo? resumindo estou inteiramente a favor deste pai que na hora do desepero ao perceber que a própria polícia estava desamparada para tomar uma atitude devido a falta de interesse do poder público que assim como muitos talvez pq o morto era sargento achou que não era nada tão serio porque não se tratava do filho de um empresário ou mesmo de seu proprio filho, pois eu digo: Parabéns a delegada por tentar evitar que este fato ocorrece e que irônia do ministério publico em elaborar cartazes com a frase: "Uma noite com uma criança, 10 anos de cadeia". Se bem que este cartaz revela o pensamento ,pois quando uma pedofilo passar uma noite com uma criança é sinal que ja a virou do avesso ou ja matou e sumiu com o corpo, daí sim eles vão tomar uma providencia? Muito triste esta realidade em que estamos vivendo.

Postar um comentário