segunda-feira, junho 09, 2014


Assalto a Banco na manhã de hoje deixa policial, cliente, funcionária e bandido baleado.

0

Um assalto à agência do Bradesco no centro de Guaratuba deixou quatro pessoas feridas na manhã desta segunda-feira (9). 

Houve troca de tiros e um cliente, uma funcionária, um sargento e uma soldado da Polícia Militar foram baleados. Segundo as primeiras informações, os assaltantes conseguiram fugir.  Viaturas do COPE de Curitiba seguem em direção ao litoral para ajudar nas buscas.

O assalto aconteceu por volta das 10h30 na única agência do Bradesco na cidade do litoral do Paraná. Três bandidos invadiram a agência e os seguranças reagiram.

Um sargento da PM foi baleado na perna. 
No confronto, uma soldado da PM foi baleada no colete à prova de balas, e também foram atingidos um cliente e uma funcionária.
Durante a fuga eles capotaram o carro da fuga, um foi baleado e foi abandonado pelos comparsas que fugiram para a região conhecida como Mirim
..............
Com informações da Policia Militar
Policiais militares do 9º batalhão de Polícia Militar (9º BPM), pertencente ao 6º Comando regional da PM (6º BPM), dão continuidade às buscas, com o apoio de outras equipes policiais, com o intuito de localizar os três homens que roubaram uma agência bancária em Guaratuba (PR), litoral do estado, por volta das 10h30, desta segunda-feira (09/06), sendo que o quarto suspeito foi preso. Na ação, duas armas e um colete roubado dos vigilantes do banco foram recuperados, bem como um colete da Polícia Civil, além de mais duas pistolas foram apreendidas e R$ 10 mil em dinheiro. Cinco pessoas foram encaminhadas ao hospital.

“Recebemos uma solicitação, através do 190 (Emergência), de que um roubo a uma agência bancaria do Bradesco estaria em andamento, porém outra ligação relatava que o alarme havia disparado. Mesmo com duas informações diferentes a equipe policial foi até o local para verificar o que estava ocorrendo, assim que a viatura parou em frente ao banco os suspeitos saíram de dentro do local e efetuaram cerca de 40 disparos contra os policiais, sendo que dez atingiram a viatura”, explica o tenente Clayton Oliveira Lima, que comanda a operação.

De acordo com o tenente Lima, os policiais não revidaram os disparos dos suspeitos por ter muitas pessoas no local. “Um dos tiros atingiu dois policiais militares que integravam a equipe. Um sargento foi alvejado na perna, mas recebeu os cuidados médicos, e uma outra policial foi atingida por um projétil, porém como ela estava de colete não sofreu nenhum ferimento”, explica.

Cerca de quatro suspeitos teriam embarcado em um carro Civic, na cor prata, e fugiram, sendo que na saída da cidade eles abordaram uma senhora e roubaram seu veículo. Outras equipes foram acionadas para dar apoio e iniciado um acompanhamento tático para localizar os envolvidos.

Segundo o tenente Lima, um dos veículos capotou durante a fuga, sendo que os dois homens que estavam no seu interior desceram e correram em direção ao mangue, localizado no Bairro Mirim. “Um deles conseguiu fugir e o outro atirou contra a equipe, o qual, após confronto foi atingido, mas foi atendido pelo SIATE e encaminhado ao hospital. O carro Civic foi abandonado pouco tempo depois e as buscas para localizarmos estes três homens continuam”, conta.

“Tivemos cinco pessoas feridas durante a ação. Um policial militar alvejado na perna, outra PM na altura do abdômen, a qual não sofreu ferimentos devido o equipamento que utilizava, uma senhora passou por uma cirurgia, pois foi atingida com um tiro na nádega, e um dos suspeitos, sendo todos conduzidos ao hospital local para receberem os cuidados médicos. A quarta vítima foi um senhor, o qual ao ser alvejado ficou nervoso e acabou sofrendo um enfarto. Ele foi transferido para o Hospital do Paranaguá, porém veio a falecer”, afirma o tenente Lima.

Até o momento os policiais militares recuperaram dois revólveres e um colete que pertenciam aos vigilantes da agência bancária, os quais haviam sido roubados pelos suspeitos, mais um colete da Polícia Civil que foi localizado dentro do carro Civic. Outras duas armas de fogo, uma pistola 9 mm e uma .40, que estavam com os envolvidos também foram apreendidas, além de aproximadamente R$ 10 mil em dinheiro.

“Continuamos com as buscas pelos três suspeitos e contamos com o apoio do nosso efetivo que está todo empregado na situação, além do apoio de outras unidades do litoral, da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), que veio de Curitiba, do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) e de uma equipe da Polícia Militar de Santa Catarina”, relata o tenente Lima.



    Imagens:Cátia Taís Moreira/ Thalisson André/ Jocilei Macedo












0 comentários:

Postar um comentário