sexta-feira, julho 04, 2014


Acidente envolve 4 veículos na região entre Palmeira e Irati, sete pessoas feridas foram atendidas no local.

0


Sete pessoas ficaram feridas em um acidente que envolveu quatro automóveis na manhã desta sexta-feira (4), por volta de 8h45, na BR 277, próximo da região conhecida como Vaca Morta. Apesar do grande número de vítimas, apenas uma pessoa envolvida sofreu ferimentos considerados graves.
O acidente ocorreu em dois momentos distintos. A primeira colisão aconteceu no momento em que dois automóveis tentavam ultrapassar um caminhão, sentido Irati. A Fiat Strada de cor branca, placas ADK 7071, de Palmeira, estava realizando a manobra, mas o veículo Fiat Palio branco, placas AOG 2327, também de Palmeira, iniciou no mesmo momento a ultrapassagem . Os automóveis tocaram-se lateralmente, rodaram e saíram da pista.
De acordo com o condutor do Palio, a Strada estava no chamado ‘ponto-cego’ do retrovisor e ele não notou que o veículo já estava no seu lado. No momento em que tentou mudar de pista para ultrapassar o caminhão, tocou na lateral da caminhonete.
O condutor da Strada era Nilton Sérgio Antunes da Silva, que sofreu um pequeno ferimento. No Palio estava o condutor Ernani Woinarovicz, que estava em observação médica, e Luzia Woinarowicz, que ficou ilesa.
Pouco tempo depois, no sentido contrário, o veículo Fiat Strada de cor vermelha, placas AUK 1287, reduziu a velocidade ao observar o outro acidente, sendo atingida na traseira pela Ford Ecosport, placas ACS 8187, de Goioxim (PR). Com a força da colisão a Strada foi jogada para fora da pista.
Na Strada estavam Érica Martins Barausse e Ângela Maria Vasco. Um das ocupantes sofreu traumatismo craniano e a outra teve ferimentos leves, mas ambas foram encaminhadas para hospital de Campo Largo. As ocupantes da Ecosport, todas com ferimentos leves, eram Edineia Simi, Dilma Pereira Simi e Elisandra Simi.
O acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros de Palmeira, concessionária Caminhos do Paraná e Polícia Rodoviária Federal.Fonte: Gabriel Osternack Lima / Gazeta de Palmeira 










0 comentários:

Postar um comentário