terça-feira, julho 22, 2014


Policia Militar e policia Federal apreendem 30 Kg de cocaína com paraguaios.

0

Na manhã desta terça-feira (22/07), policiais militares e federais, integrantes da Força Tarefa de Combate ao Crime Organizado, apreenderam 30 Kg de cocaína durante uma ação que iniciou em Paranaguá (PR), litoral do estado, e terminou em Curitiba (PR), capital. A droga estava em um ônibus com dois paraguaios e seria levada para o litoral. Três pessoas foram presas durante a situação.

Segundo o capitão Alexandre Lopes, integrante da PM na Força Tarefa, após receberem a informação de que uma pessoa estaria efetuando o tráfico de drogas na cidade de Paranaguá (PR), litoral do estado, os integrantes da Força Tarefa iniciaram um trabalho investigativo e descobriram que uma grande quantia de entorpecente seria entregue na data de hoje para este suspeito. 

“Por volta das 4h, após levantamento das informações, os policiais foram um dos supostos endereços do suspeito onde verificaram um carro Golf e outro, um Palio, saindo de uma casa em Paranaguá, os quais seguiram em direção a Curitiba. Já na BR 277, próximo ao viaduto do Orleans, antes de chegar ao Parque Barigui, os condutores permaneceram parados até a chegada de um ônibus, por volta das 6h”, explica o capitão Alexandre.

“Um homem saiu do ônibus e entregou uma bolsa grande para o condutor de um dos carros, momento em que realizamos a abordagem. O motorista do Golf conseguiu fugir e não foi localizado, porem dentro do Palio encontramos, escondidos na bolsa, 30 Kg de cocaína”, conta o capitão Alexandre.

De acordo com o capitão, no ônibus estavam dois homens, ambos paraguaios, que se identificaram como motoristas do veículo e contaram que haviam adquirido a droga em Cascavel (PR), interior do estado. Já o condutor do carro Palio relatou aos policiais que levaria o entorpecente para o litoral.

Os três envolvidos, de 42, 40 e 24 anos, foram levados, juntamente com a droga apreendida, à Superintendência da Polícia Federal para serem tomadas as medidas necessárias ao caso.

Fonte : Policia Militar.




0 comentários:

Postar um comentário