quinta-feira, dezembro 18, 2014


Guardas Municipais e PM’s são presos acusados de corrupção e tráfico.

0

Uma megaoperação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu oito guardas municipais e três policiais militares acusados de tráfico de drogas e corrupção. A operação, batizada de “Kimera”, reúne 250 homens das Polícias Civil, Militar, além do Gaeco, e acontece desde as primeiras horas desta quinta-feira (18) em Curitiba e região metropolitana (RMC).Cerca de 70 viaturas e cem policiais fazem o cumprimento de 56 mandados de busca e apreensão e 27 de prisão. Até ás 11 horas, 17 pessoas haviam sido presas, entre elas, os guardas e os policiais militares.
As primeiras informações são de que foram presos sete guardas municipais de Colombo (RMC), um guarda de São José dos Pinhais e três policiais militares do 22º Batalhão da PM. Outras seis pessoas também foram presas na operação nesta manhã.
As investigações do Gaeco acontecem desde julho quando denúncias de corrupção policial chegaram até o órgão. Entre as denúncias, comprovadas de forma contundente, segundo Gaeco, está a de que os PMs e os guardas presos apreendiam armas e, muitas vezes, as revendiam para os próprios acusados, mediante o pagamento de altos valores. Um dos policiais militares também foi flagrado com drogas no carro. O Gaeco também recebeu denúncias de envolvimento de policiais civis, mas não conseguiu levantar provas suficientes da participação deles.
O novo secretário de segurança do Paraná, Fernando Francisquini, passou a manhã na sede do Gaeco, no bairro Ahú, acompanhando a operação. Ele reforçou que os tempos mudaram e não haverá tolerância com corrupção policial. “Estou aqui para demonstrar que acabou aquele tempo de picuinha entre Gaeco e Polícia Militar e Polícia Civil. Estamos todos juntos nessa missão de combater a corrupção policial. Todos os corruptos serão expurgados. Vocês (imprensa) me verão muitas vezes aqui. É o início de novos tempos na segurança pública do Paraná, como determinou o governador Beto Richa”, disse o secretário.
Um balanço final da operação Kimera deverá ser divulgado até o final do dia.
Fonte: Band B - Denise Mello e Antonio Nascimento




0 comentários:

Postar um comentário