segunda-feira, dezembro 29, 2014


PG: Preso com indulto de Natal leva tiro em confronto com a PM depois de roubo.

4

Dois elementos foram presos na tarde de hoje próximo à trincheira da Santa Paula.

Segundo as informações os dois estariam efetuando assaltos a estabelecimentos comerciais na região de Nova Rússia.

A placa da moto utilizada por eles uma YBR placas AQK 1579 ,foi vista e anotada em um roubo a uma panificadora na Rua Londrina por volta das 18h de ontem.

Com o Alerta repassado pelo Copom sobre a moto, todas as equipes estavam em alerta para esta moto, a equipe do Cabo Beninca do Trânsito acabou cruzando com a moto e após uma rápida perseguição os elementos foram abordados, perseguidos e presos na trincheira do Santa Paula.

Viaturas do CPU, RPA, CHOQUE E K9 do CHOQUE foram para o local em apoio 

Durante a abordagem foi visualizado uma arma de fogo nas mãos de um dos assaltantes e disparos foram feitos, deixando um deles ferido na perna, o qual foi socorrido pelo Siate dos Bombeiros e levado para o Hospital Municipal.

Este elemento é preso e está de portaria com o maravilhoso Indulto de Natal, ou seja foi liberado da cadeia para passar o Natal com sua família.

Depois foi verificado que a arma se tratava de um simulacro de pistola.

O assaltante que ficou ferido na perna, Fábio Rodrigues da Silva, 33 anos, foi encaminhado para o HM e o outro Humberto Fernando Reis, 33 anos foi levado a 13° BPM.


 
























4 comentários:

Anônimo disse...

Parem com essa palhaçada de indulto de Natal. Os presos recebem visitas de seus familiares, recebem maconha, celular, presentes e tudo o que eles tem direito. Ainda não chega ???? Tem de soltar os "coitadinhos" para não perder a prática. Acho que até as visitas deveriam ser proibidas para determinados detentos .


Anônimo disse...

Depois que um cidadão do bem mata um maldito desses por legítima defesa vai preso e se fo** pro resto da vida!! Lugar de criminoso é na cadeia ou morto!!!

Ass: Jr Dzu...

Anônimo disse...

Pena que o tiro foi na perna, os policiais poderiam atirar pra matar, seria um bandido a menos, pois logo estará nas ruas de novo...

Anônimo disse...

Pena que se um policial atira pra matar; acaba respondendo processo... ate quando vai essas leis que protegem bandidos? Tem que pagar ate o fim na cadeia, makditos...

Postar um comentário