terça-feira, março 17, 2015


Ninguém passa: Moradores realizam protesto e fecham a única entrada da região

1


Moradores do Conjunto Londres e adjacências realizaram no início da noite desta terça feira dia 17/03 um manifesto pela falta de água.

A região está sofrendo com a falta de abastecimento há três dias, a princípio em consequência de reparos emergenciais que estão sendo realizadas pela Sanepar na rede que abastece a região.

A Polícia Militar compareceu no local e foi hostilizada por alguns manifestantes que jogaram pedras, pedaços de pau e soltaram até foguetes em direção do local onde os policiais estavam.

Ameaças foram feitas contra os policiais e até mesmo para a imprensa em alguns momentos, os manifestantes diziam para os policiais tirarem a farda e "irem para a briga".

Vários manifestantes que estavam no início do protesto resolveram ir embora diante das atitudes de alguns dizendo que devido ao que estes estavam fazendo, o protesto teria perdido o sentido, estava indo para o lado do vandalismo.

O protesto se iniciou no viaduto da linha férrea que dá acesso aos conjuntos, depois desse local quando alguns manifestantes desistiram do protesto, os que ficaram, ainda em grande número, se deslocaram até a entrada da ponte ao lado do Matadouro Municipal onde tudo foi trancado novamente, ninguém passava.

Depois da chegada do Corpo de Bombeiros que apagou as chamas do que havia sido incendiado na via, a Polícia Militar dispersou os manifestantes. Um homem acabou sendo detido.

























1 comentários:

Anônimo disse...

Esse é o governo do Beto Richa do PR que ganhou no primeiro turno que quer agabar com os func. publico e por serviços de terceiros para faze los é isso que se vê .E por momento é somente água amanha sera na saúde na educação tem coragem de corta água mesmo de pessoas que não tem dinheiro nem p/ comer além disso ainda lança multas esse era o governo que vcs votaram o que vc esperava da coligação PSDB

Postar um comentário