quinta-feira, abril 30, 2015


Mulher desaparecida é encontrada morta no início da tarde de hoje.

0

O corpo foi encontrado por volta das 12 horas de hoje,30/04 em uma represa em um loteamento na região de Ventania, próximo a rodovia Transbrasiliana.

Jane Aparecida de França Neves, 35 estava desaparecida desde a última terça feira.

Segundo as informações a causa da morte foi afogamento, seu corpo foi encontrado dentro da represa.

O corpo foi recolhido pelo IML aqui de Ponta Grossa.








Falecimentos

0


Nome: CLODOLANDO BATISTA DE FREITAS            Idade: 56 anos      
Nome da Mãe: MERCEDES BATISTA DE FREITAS
Nome do Pai: BIBIANO PAULINO DE FREITAS
Filhos: 02
Naturalidade: CÂNDIDO DE ABREU - PR
Endereço: RUA ANCHIETA DE OLIVEIRA, 2497 - Vila PALMEIRINHA - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: CAPELA DA VILA PALMEIRINHA
Data Sepultamento: 30/04/2015         Hora: 10:00
Cemitério: SÃO VICENTE DE PAULA


Nome: JOÃO FELIPE SANTANA             Idade: 77 anos      
Cônjuge: APARECIDA LUZIA XAVIER
Filhos: 03
Profissão: APOSENTADO         Naturalidade: TOMAZINA - PR
Endereço: RUA SALATIEL DE PAULA, 190 - Parque D.PEDRO II - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: CAPELA MUNICIPAL SÃO JOSE
Data Sepultamento: 30/04/2015          Hora: 10:00
Cemitério: PARQUE JARDIM PARAÍSO


Nome: ZAIRA MARQUES PIRES DE CASTRO           Idade: 90 anos      
Cônjuge: ANTONIO DE PIRES CASTRO FILHO
Filhos: 01
Profissão: DO LAR         Naturalidade: CRUZ ALTA - RS
Endereço: RUA ORLANDO STELA, 272 - Jardim GIANNA II - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: DIRETO PARA O CREMATÓRIO
Data Sepultamento: 30/04/2015          Hora: Não divulgado.

Cemitério: CREMATÓRIO CAMPOS GERAIS

quarta-feira, abril 29, 2015


Polícia Civil prende 54 pessoas em operação na manhã de hoje no Paraná.

0


Na manhã desta quarta-feira (29), a Polícia Civil cumpriu cerca de 40 mandados de busca e de prisão na região sudoeste do Estado, na fase operacional de uma ação intensiva contra o tráfico de drogas, que resultou ao longo das investigações a prisão de 54 pessoas, além de drogas, armas, dinheiro e celulares.

A operação desta madrugada que contou com aproximadamente 200 policiais civis e 50 viaturas policiais foi coordenada pela 5ª Subdivisão Policial de Pato Branco, em conjunto com o núcleo local da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc).

Durante a operação desta madruga foram presos 42 pessoas, sendo um advogado e cinco mulheres. A polícia apreendeu também 778 gramas de maconha, cinco gramas de cocaína, quatro revolveres calibre 38, dois calibre 32, bem como mais de 150 munições de diversos calibres, entre eles, 32, 38, 380 e 9 mm. Cerca de 65 celulares e mais de R$ 11 mil em dinheiro foram apreendidos, além de duas balanças de precisão e um rádio HT.

As investigações tiveram início no mês de setembro de 2014, com o objetivo de identificar pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na cidade. Durante o inicio das investigações foram presas 12 pessoas pelos crimes de tráfico drogas e associação, apreendidos mais de 50 kg de maconha, 1,5 kg de cocaína, 300 gramas de crack e inúmeros frascos de lança-perfume, além de diversos veículos apreendidos. Ao longo das diligencias os policiais prenderam 54 pessoas.

De acordo com a Polícia Civil de Pato Branco, ações como esta, contribuem no combate em diversos crimes que vinham ocorrendo na nossa região, como furtos, assaltos e até homicídios, que são na maioria reflexos do tráfico de drogas. Com esse duro e forte golpe no tráfico de drogas, a comunidade pato-branquense pode ficar mais tranquila, já que foram tirados de circulação dezenas de criminosos.

O delegado-geral, Júlio Cezar dos Reis têm determinado forte repressão ao tráfico na região de fronteira. “Só neste mês de abril a DENARC apreendeu mais de 1,5 tonelada de drogas entre maconha, cocaína e haxixe em diversas regiões do estado”, lembra Reis.

Participaram desta grande operação policiais civis de diversas localidades - coordenadas pela Divisão Policial do Interior (DPI) - 2ª Subdivisão Policial de Laranjeiras do Sul; 6ª Subdivisão de Foz do Iguaçu; 13ª Subdivisão de Ponta Grossa; 14ª de Guarapuava; 15ª Subdivisão de Cascavel; 19ª Subdivisão de Francisco Beltrão; todos os núcleos do interior da DENARC, bem como a Divisão Policial da Capital (DPCap) e Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

A Polícia Civil agradece a comunidade que participou com inúmeras denúncias, o que foi decisivo para o sucesso dessa operação

Fonte: Policia Civil



Tentativa de Homicídio:Jovem é ferido com três facadas ao lado de Colégio no Olarias.

1

O fato aconteceu por volta das 12 horas de hoje, ao lado do Colégio Elias da Rocha no Olarias, e segundo relato de um outro jovem com o qual a vitima conversa instantes antes, a discussão começou perto do seu local de trabalho.

Segundo o relato do jovem , ele estava no seu horário de almoço por isso foi conversar com dois amigos que estavam na esquina próximo, outros dois elementos chegaram e começou uma discussão, a qual seria com o terceiro elemento outro amigo da vitima, ele teria dito para o seu agressor , que deixasse daquilo e ali não teria confusão nenhuma.

O autos das facadas teria dito "então tá fica ai que você vai ver", logo em seguida voltou armado com uma faca, segundo as informações seria as cabo branco , que muitos chamam faca de açougueiro, com ela o agressor desferiu duas facadas na região do tórax posterior e uma na axila causando ferimentos graves na vitima, fugindo do local em seguida.

A vitima Luan Pereira do Nascimento, 18 anos morador da região do Olarias foi atendido no local por equipes do SAMU, para o local foram deslocadas a Bravo 2 (socorristas) e a equipe Alfa (Equipe médica), os quais depois de estabilizarem a vitima a encaminharam a Santa Casa.

Nenhum suspeito foi detido.







Falecimentos

0


Nome: ANNA SZUL         Idade: 86 anos      
Nome da Mãe: MARIA PSZYGORSKA
Nome do Pai: ALBERTO SZUL
Filhos: 06
Profissão: DO LAR         Naturalidade: SÃO MATEUS DO SUL - PR
Endereço: RUA ANTONIO BRANCO MARTINS, 667 - Bairro CONTORNO - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: OUTRO LOCAL EM PONTA GROSSA
Data Sepultamento: 29/04/2015         Hora: 16:30
Cemitério: PARQUE JARDIM PARAÍSO


Nome: ERONDINA CAVAGNHARI          Idade: 79 anos      
Cônjuge: LAURO
Filhos: 07
Profissão: DO LAR        Naturalidade: PONTA GROSSA - PR
Endereço: RUA FRANCISCO GUILHERMINO, 215 - Parque SANTA LUCIA - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: CAPELA MUNICIPAL SÃO JOSE
Data Sepultamento: 29/04/2015        Hora: 16:30
Cemitério: PARQUE JARDIM PARAÍSO


Nome: PALMIRA LOPES DE OLIVEIRA           Idade: 63 anos      
Cônjuge: OLIVERIO OLIVEIRA
Filhos: 01
Profissão: DO LAR           Naturalidade: ORTIGUEIRA - PR
Endereço: SITIO SAO FRANCISCO - ZONA RURAL - ORTIGUEIRA – PR
Local de Velório: NA RESIDÊNCIA
Data Sepultamento: 29/04/2015         Hora: 10:00
Cemitério: ORTIGUEIRA


Nome: PEDRO ALVES DA SILVA          Idade: 60 anos      
Cônjuge: TEREZINHA APARECIDA DA SILVA
Filhos: 07
Profissão: ELETRICISTA           Naturalidade: SENGES - PR
Endereço: RUA AUGUSTO FARIS ROCHA, 455 - Jardim CARVALHO - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: Não divulgado.
Data Sepultamento: 29/04/2015            Hora: 10:00
Cemitério: PARQUE CAMPOS GERAIS


Nome: GABRIEL MOTTIM           Idade: 90 anos      
Cônjuge: TEREZA DE JESUS CARBONAR MOTTIN
Filhos: 04
Profissão: APOSENTADO           Naturalidade: COLOMBO - PR
Endereço: VISCONDE DO RIO BRANCO, 171 - Vila OFICINAS - PONTA GROSSA – PR
Local de Velório: CAPELA DO LUTO SANTANA
Data Sepultamento: 29/04/2015          Hora: 16:30
Cemitério: SANTA LUIZA

terça-feira, abril 28, 2015


Beijo no Rosto: Matador de garotas de programa e transexuais é preso pela Policia Civil.

0

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa DHPP, prendeu nesta segunda-feira (27), Alexandre Lopes de Padua Arcenio, 31 anos, treinador em duas academias de Crossfit. ALEXANDRE está envolvido em três homicídios e uma tentativa de homicídio, todos envolvendo garotas de programa e transexuais. O acusado não tem passagem pela polícia. 

A forma que ALEXANDRE agia não tinha um padrão, as vítimas tinham idades variadas, sendo duas mulheres e duas transexuais, sendo que, nos dois primeiros casos, os peritos que atenderam o local não conseguiram identificar a causa da morte. Normalmente, as vítimas eram encontradas trancadas no local em que realizavam os encontros.
 

A primeira vítima foi encontrada no dia 16/03, em um apartamento no bairro Bigorrilho. TAÍS, transexual de 28 anos, estava nua sobre a cama, em decúbito ventral, amarrada pelos pés e pelas mãos e em adiantado estado de putrefação.

A segunda vítima foi encontrada no dia 21/03, desta vez, num apartamento no centro da capital. JAQUELINE, de 42 anos, também foi encontrada nua, em decúbito ventral, sobre a cama.

A terceira vítima foi encontrada no dia 19/04, num apartamento no centro de Curitiba. MEL, de 36 anos, também estava nua sobre a cama, em decúbito ventral e com uma toalha amarrada no pescoço, sendo a asfixia por estrangulamento a possível causa da morte.
 

A quarta vítima de ALEXANDRE, aconteceu no dia 24/04, CAMILLY, transexual de 22 anos sobreviveu as ataques do acusado que alegou, que o encontro foi marcado via whatsapp. CAMILLY descreveu o suspeito com as mesmas características da última pessoa que teve contato com as vítimas JAQUELINE e MEL, comprovadas por câmeras de segurança de ALEXANDRE entrando e saindo dos apartamentos.

CAMILLY afirmou ainda que depois da relação sexual, o criminoso beijou seu rosto e, logo em seguida, “deu um 'mata leão”, provocando um desmaio. Horas depois, quando acordou, estaria nua, em decúbito ventral, sobre a cama, com uma toalha amarrada no pescoço e sangue no rosto. ALEXANDRE foi reconhecido por CAMILLY, sem qualquer sombra de dúvidas, como sendo o autor do crime cometido contra ela.
 

De acordo com investigações da 1ª Delegacia de Homicídios, além das chaves, ALEXANDRE teria furtado aparelhos de celulares, documentos, quantias em dinheiro e outros pertences das vítimas.

Ao realizar busca na residência de ALEXANDRE, foi possível localizar e apreender vários objetos, utilizados por ele na data dos crimes e flagradas pelas câmeras de segurança, entre eles, camisetas, bermudas, mochilas, notebooks, câmeras fotográficas até mesmo um pedaço de corda. Alguns desses objetos já foram identificados pela vítima sobrevivente e por familiares de outras vítimas.

ALEXANDRE se reconheceu nas imagens das câmeras de segurança e admitiu os encontros amorosos com as vítimas, bem como, de ter aplicado um “mata leão” em duas delas para subtrair os pertences enquanto estavam desacordadas, uma vez que passaria por dificuldades financeiras. Apesar disso, ele afirma tê-las deixado com vida.
 

Em relação à primeira vítima, ALEXANDRE confirmou que a amarrou para atender a um pedido dela. Disse que, durante a prática sexual, ela teria engasgado e começado a salivar de forma abundante, fazendo com que ficasse com medo e fugisse do local. Admitiu ainda que o pedaço de corda encontrada na casa dele seria o mesmo utilizado para amarrá-la. ALEXANDRE também confirmou, que algumas das chaves, documentos e celulares encontrados em sua residência seriam de vítimas.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Ana Cláudia Machado, as investigações continuam e não descartamos a hipótese de existirem outras vítimas. O Núcleo de Combate a Cibercrimes, chefiado pelo Delegado Demetrius Gonzaga de Oliviera, também investigará o caso, além de ter um papel fundamental para revelar como eram feitos os contatos entre o criminoso e as vítimas.

O delegado-geral, Julio Cezar dos Reis, o delegado-titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa DHPP, Miguel Stadler e o delegado-titular da Secretaria Executiva também participaram da coletiva de imprensa que aconteceu na delegacia de Homicídios na manhã dessa terça-feira (28).
 

Todos os objetos encontrados na residência do acusado serão encaminhados à perícia.

Fonte: Policia Civil

Imagem: do rosto do acusado / Banda B / Aliocha Maurício/Paranaonline

Jd América: Casa é invadida por ladrões enquanto família dormia na madrugada de hoje.

0
    Imagem Ilustrativa.

O fato aconteceu na madrugada de hoje na Rua Alcides da Silva Rocha no Jardim América, próximo ao supermercado Elite.

A família estava no local no momento do arrombamento, todos dormiam na hora.

Os ladrões segundo a PM, furtaram TV , celular  e outros objetos e ainda levaram o carro da vitima um HB20 que foi usado para transportar os objetos e dar fuga aos marginais.

O Dono da casa disse para a Policia Militar que escutou barulho por volta das 05h da manhã, ao levantar pra ver do que se tratava , verificou que o furto já tinha ocorrido e os elementos já havia fugido da casa com seu carro e outros produtos.

O veículo foi localizado encalhado pelo Policia Militar na região na Rua Conrado Schiffer na Vila Luiz Gonzaga e devolvido ao proprietário, os outros produtos furtados não foram recuperados.

A Policia Militar fez vários patrulhamentos na região  mas não localizou nenhum suspeito.




DER: Colisão envolve 2 caminhões, 1 Van e 2 veículos de passeio na noite de ontem na 376

0


A colisão aconteceu segundo as informações porque os veículos diminuíram a velocidade por causa do radar naquela região , um caminhão , uma Scania não conseguiu parar a tempo e bateu contra um Gol e um Sandero, uma Van e outro caminhão também foram atingidos.

A RodoNorte deu atendimento no local, mas apesar do tipo de acidente e porque com certeza o caminhão não estava em tão alta velocidade , apenas uma vitima foi encaminhada Adilsom Machado Pereira, 59 anos , passageiro do Sandero, com ferimentos de média gravidade.













Quadrilha rende mulher e faz arrastão em três locais no Centro de Ponta Grossa.

0



Ocorrência: Roubo 
Data: Segunda Feira 27/04/2015
Horário: 20H30Min
Local: R. Cel. Bitencourt - Centro- próximo a UEPG

DESCRIÇÃO: Relatou a solicitante que três indivíduos, com capuzes, adentraram a seu estabelecimento e a renderam. Após amarrá-la roubaram alguns pertences. 

Adentraram ao prédio e renderam outras duas pessoas e também subtraíram seus pertences. 

Do local foram roubados diversos aparelhos eletroeletrônicos, dinheiro e outros. Feito patrulhamento, porém sem êxito.
...............
Segundo as informações a proprietária do imóvel foi rendida no portão e forçada a entrar na casa novamente, os seus inquilinos, um casal que moram no pavimento superior também foram rendidos e ainda outra moradora que aluga a parte inferior do local.