terça-feira, maio 19, 2015


Mistério: Casal desaparecido há quatro dias intriga a Polícia

0

Segundo as informações conseguidas com familiares Ricardo Baranosk, 21 anos morador do Jd. Pitangui e sua namorada Simone de Paula Carneiro de Jesus, 28 anos, residente no Jd. Panamá estiveram juntos em um bar na Baraúna na noite de sexta feira, dia 15/05, deste bar foram em outro que fica perto e teriam saído de lá por volta da 01h30 da madrugada de sábado, desde então não foram mais vistos.

Ainda segundo as informações eles foram vistos saindo do local em companhia do elemento conhecido como Índio,o qual não foi localizado pela policia para dar informações, onde teria ido com o casal ou deixado de estar na companhia deles.

A família de Simone, só foi saber do desaparecimento no sábado, porque o pai de Ricardo foi até a casa dela para procurar o filho que ainda não havia retornado para casa.

Começaram ai as buscar pelos dois, na tarde de ontem, o irmão de Simone encontrou a bicicleta e um boné que pertenceriam a Ricardo, os objetos foram encaminhados pela Guarda Municipal para a 13º SDP.

Na manhã desta terça feira dia 19/05, familiares encontraram uma bolsa com vários objetos que pertenceriam a Simone e uma jaqueta de Ricardo escondidas no meio do mato próximo ao Contorno Leste a mais ou menos 1 Km da UTFPR.

Com este achado , a Policia Militar, Guarda Municipal e Policia Civil setor de Homicídio foram para o local , mas nada mais foi localizado.

Buscas foram feitas também na região do final do Lagoa Dourada depois que houve uma informação falsa que dois corpos haviam sido localizados em uma plantação.

A policia espera agora novas pistas para tentar encontrar o casal de namorados, inclusive localizar o elemento que saiu do bar com eles (Antonio José Padilha, vulgo Índio, o qual segundo a policia é foragido da justiça) para obter novas informações.

Em conversa com familiares, depois do achado de objetos e pertences pessoais, infelizmente eles já esperam que o pior possa ter acontecido, ou seja que ambos possam ter sido assassinados.





































Antonio José Padilha, vulgo Índio.


0 comentários:

Postar um comentário