terça-feira, junho 30, 2015


Homem acusado de violentar duas filhas e ter engravidado uma em PG é preso

0


O homem foi preso ontem por investigadores da Policia Civil de Ponta Grossa lotados na Delegacia da Mulher, pois havia um mandado de prisão em seu nome depois que ele foi acusado pela própria filha em 2008 por estupro.

Segundo as informações as denúncias foram feitas em 2008, 16 anos depois da primeira vez que a garota foi violentada pelo pai, o qual a levava para a escola, mas resolveu naquele dia a violentar no meio do mato durante o percurso para o colégio quando ela tinha 12 anos.

Sempre ameaçada e coagida pelo pai segundo as suas declarações para a policia na época ela se calou por 16 anos, em 2008 resolveu denunciar o pai, o qual fugiu da cidade e permaneceu longe por muito tempo.

Como a menina era proibida de estudar e se relacionar com outras pessoas depois que a violência começou a ser praticada, a suspeita que ela tenha engravidado do próprio pai, o que poderia ser comprovado apenas com o exame de DNA se assim a justiça determinar que seja feito

A policia de posse de informações que ele estava novamente a cidade e na casa da família, ontem uma equipe foi até o local para cumprir o mandado de prisão, o acusado partiu para cima dos policiais reagindo a prisão e o mais estranho de tudo, é que a filha que denunciou o pai por estupro também atacou os investigadores para livrar o pai das mãos dos policiais para que ele pudesse fugir.

Controlada a situação os investigadores seguiram com o acusado de estuprar a própria filha, para uma das celas da 13ª SDP onde permanece a disposição da justiça. 

Ainda segundo a delegada titular da Delegacia da Mulher em Ponta Grossa Claudia Kruger, outra acusação pesa sobre o mesmo homem, uma outra filha o denunciou em 2004 pelo mesmo crime.

Ainda segundo a delegada, a qual cuida deste caso desde o seu início, devido a resistência esboçada pelo acusado durante a abordagem de ontem ele, sua filha(vitima) a esposa e uma neta foram detidos e indiciados, ele por ter reagido a prisão, elas por terem agredido os policiais que tentavam efetuar a prisão.

Considerado como crime hediondo , o acusado se condenado for pode cumprir até 15 anos de cadeia.
........................

Nomes e dados que possam identificar as "vitimas" em casos como esses não são repassados.





0 comentários:

Postar um comentário