terça-feira, junho 23, 2015


Homicídio:Professor de Capoeira que matou menor com facada no domingo se apresentou na manhã de hoje.

11


José Carlos se apresentou na manhã de hoje no Setor de Homicídios da 13ª SDP juntamente com seu advogado Carlos Alberto Rodrigues.

Segundo as palavras do advogado, seu cliente disse que a morte do adolescente foi uma fatalidade , a briga era com outro elemento que está preso, e o menor entrou entre os dois e acabou ferido por uma facada nas costas.

Ainda segundo o que foi falado em depoimento pelo acusado que confessou ter desferido a facada e repassado pelo seu advogado, José estava no bar onde um tio seu de nome Gilcélio também estava, inclusive o pai da vitima fatal também estaria no local.

Neste caso o pivô da briga, que inclusive está preso, é o elemento conhecido por João Ligeiro, Paulo Alberto da Silva, foi ele que entrou no bar e começou a ameaçar o senhor Gilcélio, (versão do autor) dizendo que iria mata-lo porque ele era filho de uma macumbeira e tinha que morrer, e ainda falava que iria mata-lo e iria no enterro.

Nisso o sobrinho de Gilcélio, José Carlos foi defender o tio, falando para João Ligeiro que fosse embora que ninguém queria confusão ali, os dois acabaram entrando em luta corporal, segundo o advogado nessa hora teria aparecido mais um elemento que entrou na briga, desse não existe identificação, surgiu também o menor Allan Fernando Maia, 17 anos, o qual queria tirar seu amigo João Ligeiro da confusão.

O acusado disse que chegou a afastar o menor, mas ele voltou e entrou na frente de João Ligeiro quando José Carlos já estava com a faca em riste e descendo para golpear o seu desafeto João Ligeiro, Allan ferido com uma facada nas costas foi socorrido, não resistiu e morreu no local.

O autor da facada fugiu e só se apresentou na data de hoje.

Sobre ele estar com uma faca no local , disse que a faca não era dele, a qual surgiu em sua mão na hora da briga.

A policia ao ir atrás do autor em sua casa, ele não estava, mas foi franqueada a entrada dos policiais da Homicídios que foram designados para o caso, a equipe achou na gaveta da cozinha a faca utilizada pelo José Carlos para matar o menor, apesar de lavada, a faca ainda apresentava vestígios de sangue em sua lâmina.

Depois de ser ouvido pela Policia Civil, José Carlos foi liberado, e deve responder em liberdade, até que seja julgado, será preso se condenado for.

Já o outro elemento que iniciou as ameaças e a briga, Paulo Alberto da Silva, que seria o alvo da facada, mas o menor Allan impediu que isso acontecesse com a própria vida, ficou preso.

Paulo Alberto da Silva mais conhecido por João Ligeiro tinha um mandado de prisão(MP) em aberto, condenado ele deveria ter se apresentado para cumprir serviços comunitários por um crime cometido, como não cumpriu a pena alternativa, o juiz expediu o MP, João Ligeiro já está no Cadeião do Santa Maria.



                                            Allan Fernando Maia, 17 anos

João Ligeiro







11 comentários:

Anônimo disse...

Tadinho do meu parceiro...deu a vida pelo seu amigo ele sempre falava isso para mim 😢

Anônimo disse...

Nada vai traze meu neguinho de volta 😭😭mas a gente quer justiça

Anônimo disse...

Infelismente e assim inocentes morrem e criminosos ficam em e liberdade

Anônimo disse...

O mais bandido ficou impune parabéns pra nossa justiça barbaridade só vai ser preso se condenado for AF.

Anônimo disse...

Isso e a justiça do Brasil o autor do crime foge da cena do crime pra se apresentar depois pra responder em liberdade q vergonha dessa justiça.

Anônimo disse...

Espertinho esse autou so se apresentou dias depois pra nao ser preso em flagrante em quanto isso a dir dessa familia nao pode ser adiada .

Anônimo disse...

Q justiça seja feita pra culpados nao fiquem soltos por ai destroindo familias.

Anônimo disse...

coitado do pia! infelisment e assim nada vai traze ele de volta oque qremos agr é justiça!!!

Anônimo disse...

Tem que haver justiça!!!!! meu Deus

Anônimo disse...

Conheço José Carlos, humilde, boa pessoa, não irá fazer isso por vontade própria, mas iinfelizmentete ocorreu uma fatalidade e tem que pagar as consequências

Anônimo disse...

Conheço José Carlos, humilde, boa pessoa, não irá fazer isso por vontade própria, mas iinfelizmentete ocorreu uma fatalidade e tem que pagar as consequências

Postar um comentário