segunda-feira, junho 08, 2015


Operação Nicotina:PM recupera caminhão e carga de cigarros roubado,policiais podem estar envolvidos.

0



Segundo uma denúncia que chegou pelo 190 da Polícia Militar, o bitrem teria sido roubado na região da Nova Rússia, o solicitante relatou que viu o motorista sendo abordado pelos assaltantes, retirado do caminhão e forçado a entrar em um veículo Fiat Uno Vivace.

Na sequencia a Polícia foi para o local e iniciou as buscas pela região e também possíveis rotas de fuga, alguns minutos depois do início das buscas um caminhão com as mesmas características foi abordado na PR 151 região de Carambeí, mas não se tratava do veículo roubado.

Por volta das 21h30 equipes do CHOQUE visualizaram o caminhão retornando pela estrada do Kalinoski, entrando na região do Shangrilá, os policiais realizaram a abordagem e constataram que se tratava do caminhão roubado, porém era somente o cavalo, o motorista que conduzia o cavalinho disse aos policiais que os levaria até o local onde estava a carga que era de cigarros, ainda segundo ele, uma pessoa conhecida dele e de seu irmão proprietário da chácara, onde estava a carga,teria pedido para guardar a carreta no local, e pedido a ele pra levar o caminhão até a área urbana de Ponta Grossa, ainda segundo ele, como era uma pessoa bem conhecida, eles não desconfiaram de nada. A policia está investigando se essas informações são verdadeiras,ou se eles tem envolvimento direto com o roubo da carga.

Os policiais foram conduzidos pelas coordenadas do rastreador do caminhão até uma propriedade na região do Kalinoski logo depois da ponte do Rio Tibagi onde oito pessoas foram abordadas, no primeiro momento de revista das pessoas e do local nada foi encontrado, os policiais saíram novamente em patrulhamento, quando foi localizado abandonado na estrada o Fiat Uno utilizado no roubo ao caminhão onde o motorista foi forçado a entrar, o veículo não possuía alerta de furto.

Na sequencia as equipes retornaram até a mesma propriedade, quando foi encontrada a carreta carregada com os cigarros, ela estava escondida no interior da propriedade, mas afastada da casa sede.

A Policia Federal em contato com os policias militares disse que não iria receber a carga, orientando-os a repassar para a Policia Civil, para então ser entregue para a Receita Federal, pois se tratava de produto contrabandeado do Paraguai.

O caminhão foi levado para o 1º BPM onde foi descarregado para ser verificado se não havia mais nenhum produto ilícito no meio da carga, já que se tratava de mercadorias vindas do Paraguai, mas nada mais foi encontrado.

Na noite de ontem,os detidos foram levados da 13ªSDP para a Policia Federal onde seriam ouvidos segundo as informações, a carga de cigarro seria entregue nesta segunda feira também para a PF.

Ao todo essa ação da Polícia Militar resultou na apreensão de um revólver calibre .38 com numeração raspada, do bitrem e de uma das maiores cargas de cigarros contrabandeados na região e nove pessoas encaminhadas para averiguações.

O motorista do bitrem, levado como refém não foi localizado até o momento.

Ainda segundo informações, há indícios de um possível envolvimento de policiais civis neste caso, os quais foram identificados pela PM, seus nomes não foram repassados, e segundo as informações do Delegado Chefe da 13ª SDP, Danilo Cesto na tarde de ontem, a corregedoria abriu uma investigação para apurar se existe mesmo o envolvimento de policias civis no caso.

A carga não foi contada, mas estima-se que no bitrem tenha mais de 350 mil maços de cigarros, a carga é avaliada em mais de R$ 1,5 milhão. 

Participaram da operação equipes do Pelotão de CHOQUE do 1º BPM e oficial CPU.

























0 comentários:

Postar um comentário