segunda-feira, julho 06, 2015


DENARC-PG prende 9 por tráfico e apreende arma e 75,5 Kg de drogas

1

A Divisão Estadual de Narcóticos (DENARC) - Núcleo Ponta Grossa, pertencente à Polícia Civil do Paraná, deflagrou, na última semana, uma operação de combate ao tráfico de drogas na cidade, denominada "Operação Salto". Durante a ação, foram cumpridos 05 mandados de prisão e 07 de busca e apreensão. A divulgação foi realizada hoje para não atrapalhar as investigações.

As investigações conduzidas pela DENARC duraram dois meses e possibilitaram aos policiais a identificação de um organizado esquema de transporte e distribuição de drogas em Ponta Grossa.

Os investigadores descobriram que um grupo de traficantes da cidade costumava adquirir entorpecentes de um casal, residente na cidade de Guaíra, para posteriormente distribuir a traficantes menores de Ponta Grossa.

Durante as investigações, no mês de 13 de Abril, os agentes da Denarc conseguiram prender quatro integrantes do esquema e apreender 75 quilos de maconha em poder deles. As investigações apontaram que o proprietário da droga apreendida era Giovani Fernandes de Almeida, o "Gio", ou "Cigano".

Os policiais civis identificaram o casal residente em Guaíra responsável pelo envio dos entorpecentes para esta cidade, além dos demais integrantes que agiam em associação com Giovani. Assim, foi decretada pela 2ª Vara Criminal a prisão preventiva de todos os envolvidos.

Considerado um dos chefes do tráfico de drogas na região da Vila Vilela, em Ponta Grossa, Giovani foi preso pelos investigadores da Denarc no último dia 25, no momento que saía de um mercado no Bairro Santa Mônica. O homem portava um revólver municiado quando foi detido.

No dia seguinte, equipes da Polícia Civil de Guaíra, com apoio do BPFron, em conjunto com a Denarc de Ponta Grossa, prenderam em Guaíra o casal Teresinha Valeria da Silva e Osvaldo de Camargo, o "Véio", apontados como distribuidores de drogas para traficantes desta cidade.

Na manhã do dia 30 foi finalizada a Operação, com o cumprimento de mandados de busca e apreensão na casa de pessoas envolvidas com os presos, além da prisão de Felipe Coutinho Cristiano, realizada na cidade de Curitiba com o apoio do grupo FERA, da Denarc, apontado como um dos sócios de Giovani na prática da traficância. 

Durante o cumprimento das ordens de busca na casa de um dos investigados os policiais encontraram mais de meio quilo de maconha, o que serviu para comprovar seu envolvimento com a venda de drogas, além de um foragido da justiça.

Ao todo, foram presas nove pessoas por tráfico de drogas e associação ao tráfico e apreendidos 75,5 quilos de maconha, além de uma arma de fogo. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos na cidades de Ponta Grossa, Curitiba e Guaíra.

Quem tiver informações sobre o tráfico de drogas na região dos Campos Gerais pode fazer denúncias anônimas pelo telefone 181 – Narcodenúncia ou diretamente para o Núcleo de Ponta Grossa da DENARC no telefone (42) 3229-4485.








1 comentários:

Anônimo disse...

Tem que pobrecer na cadeia otmo servico da policia continuem assim .nossas familia vivera bem melhor sem esses traficante

Postar um comentário