sábado, julho 25, 2015


Esfaqueado: Segurança da Fleming não resiste e morre no H. Regional

10


O fiscal de loja Luiz Antonio Cunha, 35 anos, morreu no início da noite deste sábado, 25/07.
Segundo as informações apuradas, Luiz chegou a receber alta e foi para casa, mas passou mal e ontem foi levado novamente para o hospital, onde acabou entrando em óbito.

Luiz que era morador da Cel. Cláudio deixa esposa, duas filhas e um filho.

O corpo foi encaminhado para o IML, por volta das 19h45.





Relembre o caso:

DIA 21/07-O fato aconteceu por volta das 21h50 da noite no interior de uma Farmácia na Av. Carlos Cavalcanti, região de Uvaranas.

Segundo as informações dois elementos entraram na farmácia para comprar remédios e no momento em que iriam pagar os produtos, um deles acabou pegando outros produtos e colocando na bolsa, o segurança Luiz Antonio Cunha de 35 anos percebeu a ação e, ao retirar os indivíduos do local acabou sendo atacado por um dos elementos que desferiu um golpe de faca na região abdominal de Luiz

Siate do Corpo de Bombeiros e Alfa do SAMU foram deslocadas e deram atendimento à vítima que foi encaminhada para o Hospital Regional com ferimentos graves e correndo risco de vida.

A Polícia realizou patrulhamento nas proximidades mas nenhum suspeito foi localizado.

DIA 23/07- Dois menores envolvidos na tentativa de homicídio na noite da última terça feira, 21/07 foram apreendidos por equipes da P2 na madrugada de hoje na região de Uvaranas.

A Policia Militar que atendeu a ocorrência na noite do fato estava desde então apurando os fatos e chegou pelas imagens e investigação a autoria da tentativa de homicídio, descobrindo que seriam dois menores os autores, ambos com 15 anos.

Segundo as informações os dois pretendiam realizar um roubo no local, mas desistiram , ao se dirigirem ao caixa com um medicamento, um dos menores pegou quatro chocolates e escondeu com a intenção de furtar os produtos, o fiscal percebeu a ação e impediu a ação.

O fiscal de loja Luiz Antonio Cunha, 35 anos encaminhava os dois menores para fora da farmácia que fica localizada na Carlos Cavalcanti quando foi atingido com um golpe de faca desferido por um dos menores, na sequência os dois fugiram, e teriam jogado a faca no meio do mato, a arma utilizada para cometer o crime não foi localizada pela policia, mas ambos teriam admitido terem praticado os fatos, inclusive nas imagens gravadas pelo circuito interno da loja mostra o momento que o fiscal é ferido pelo menor, é possível ver também a lâmina da faca quando ele foge e também sua blusa, a qual encontrada na casa onde ele foi apreendido na madrugada de hoje.

Os menores foram apresentados pela Policia Militar ao delegado de plantão Fernando Maurício Jasinski.


















10 comentários:

Anônimo disse...

Agora façam o seguinte: Vocês que defendem a não redução da maioridade penal, peguem esses dois lixos aí, menores de idade e levem pra casa para dar leitinho com bolacha na boquinha deles, pois eles são crianças coitados, nem sabem oque fizeram com esse trabalhador que por acaso estava na farmácia naquele momento.

Anônimo disse...

Vdd...cade a justiça agora.. Um pai de família morto por "duas crianças"" uma família despedaçada..três crianças sem pai.uma viuva inconformada e com razão...dois merdas da sociedades brn soltos r faceiros p fazerem de novo.....Brasil me da vergonha...

Anônimo disse...

Verdade esses ai tinha que apanhar bastante pra aprender coitado desse trabalhador

Anônimo disse...

esses dois sao dois monstros deveria ter pena de morte pra demenor

Anônimo disse...

sou da opiniao que deveriam pagar da mesma forma.
talvez a criminalidade diminuisse!

Anônimo disse...

Este é o país que vivemos injusto para quem trabalha tem que mudar e quem pode mudar so o povo nas ruas tem que ter lei igual da Indonésia dai muda para começar com os politicos.

Anônimo disse...

Sou a favor do extermínio silencioso...e o pessoal dos direitos humanos que se f.

Anônimo disse...

Maldito estatuto da criança e adolescente nesses casos.Lei do capeta.Politica nojenta...

Anônimo disse...

Sou sim, a favor da redução da maioridade penal, quem comete crime deve pagar, mas não sou ninguém pra julgar e condenar como muitos estão fazendo, pelo vídeo que está rolando na internet e na mídia percebe-se claramente que apenas um fez o pior, ao meu ver não podemos julgar os dois pelo que apenas um fez, que cada um responda judical e criminalmente pelo ato que cometeu.

Anônimo disse...

Sou sim, a favor da redução da maioridade penal, quem comete crime deve pagar, mas não sou ninguém pra julgar e condenar como muitos estão fazendo, pelo vídeo que está rolando na internet e na mídia percebe-se claramente que apenas um fez o pior, ao meu ver não podemos julgar os dois pelo que apenas um fez, que cada um responda judical e criminalmente pelo ato que cometeu.

Postar um comentário