terça-feira, julho 14, 2015


Simepar confirma: Tornado atingiu FB e causou muita destruição e feridos na noite de ontem

0

O Instituto Meteorológico Simepar confirmou que foi mesmo um tornado que atingiu a zona rural de Francisco Beltrão, nesta segunda-feira (13), com ventos de cerca 120 km por hora. O Simepar teve como base a análise do radar meteorológico do Governo do Estado em Cascavel, que faz o monitoramento de toda a região Oeste e Sudoeste do Estado.

A tempestade deixou 20 pessoas feridas, destruiu 55 residências e danificou outras 50. 
No município vizinho de Mariópolis,  30 pessoas ficaram feridas e 50 desalojadas.  “O Simepar havia emitido um alerta de tempestade na região, porque estamos com um ambiente extremamente instável em todo o Estado”, disse a meteorologista Sheila Paz. “Desde a semana passada, tem chovido muito na região. Um grande volume, que já superou a média histórica e que, só por isso, merece atenção”, disse ela. “A situação se intensificou com a chegada de uma nova frente fria, que junto à alta umidade presente em diferentes níveis da atmosfera e as temperaturas mais elevadas, trouxeram esse cenário”, explicou Sheila. 

A meteorologista alerta que as tempestades devem continuar intensas nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná nesta terça-feira (14), com a possibilidade de ventos fortes e granizo. Há previsão de chuvas fortes também nas demais regiões do Paraná, principalmente no Centro e no Sul, na divisa com Santa Catarina. 

Nesses setores, as chuvas serão volumosas e somado ao volume de chuva registrado desde a sexta-feira, as condições são muito favoráveis para gerar cheias de rios e inundações. Na metade Norte e no Leste do Estado, o sol aparece entre nuvens e as chuvas ocorrem a partir da tarde.

FERIDOS E AFETADOS – A Coordenadoria Estadual de proteção e Defesa Civil informa que desde a última sexta-feira foram registrados eventos em 37 municípios, de diversas regiões. A entidade acompanha de perto a situação para socorrer e dar assistência às famílias. Até agora, 13.374 pessoas foram afetadas por chuvas de granizo, vendavais e temporais. 

“O primeiro trabalho da Defesa Civil foi o socorro às pessoas e, agora, passamos para o processo de assistência, que é a de reparos nas residências para que os próximos eventos não tragam mais prejuízos”, explicou o capitão Eduardo Barros, da Defesa Civil. “A situação está sendo avaliada, junto com os municípios, para averiguarmos os prejuízos e planejar ações de apoio às famílias”, disse o tenente Marcos Vidal, também da Defesa Civil. 

Todos os municípios paranaenses contam com um plano de contingência, que auxilia na prevenção de desastres e na ação rápida da Defesa Civil em casos de desastres. “Em Francisco Beltrão, foi feito o contato com o Exército, que estava de prontidão no momento do temporal”, disse Barros. 

REDES SOCIAIS – O capitão alerta sobre a importância do cuidado nas redes sociais ao divulgar as notícias dos temporais, para não causar ainda mais pânico na população. “O uso com responsabilidade das redes sociais é fundamental em momentos como este para que não se crie uma instabilidade maior”, afirmou. 

Neste momento, não há necessidade de doação de donativos para as localidades atingidas pelos temporais, já que os municípios e o Estado têm as condições de apoiar as famílias atingidas. Caso seja necessário, a Defesa Civil irá abrir uma campanha para arrecadar donativos. 

Em casos de emergência, o Capitão Pinheiros orienta a procurar os coordenadores da Defesa Civil no município, que é quem estará mais próximo para auxiliar a população. O telefone da Defesa Civil é 199 e do Corpo de Bombeiros é 193. O contato da Defesa Civil em cada município pode ser conferido no site da Coordenadoria Estadual – www.defesacivil.pr.gov.br – no ícone “Coordenadorias Municipais”, que fica no lado direito da página. 











Fonte: AEN
Fotos: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

0 comentários:

Postar um comentário