terça-feira, setembro 08, 2015


Violência extrema:Clientes matam dona de bar na Nova Rússia depois de beber três cervejas

3

O homicídio aconteceu no interior do Bar da Maria, localizado na Rua Teixeira de Freitas próximo ao Terminal de Nova Rússia.

Segundo as informações a dona do estabelecimento, Marias Inez Amaral de 60 anos, foi vista pela última vez por uma de suas funcionárias por volta das 22h de ontem, 07/09.

A garota relatou à Polícia que depois desse horário foi para sua casa, que fica próximo ao bar e retornou ao local hoje por volta das 16h, ao chegar no estabelecimento ela percebeu que a porta estava abaixada, mas o portão apenas encostado e as janelas abertas, foi por uma delas que ela chamou por Maria, mas como a proprietária não respondeu, ela decidiu entrar, quando acabou encontrando a vítima com bastante sangue na região da cabeça e segundo ela, não estava respirando.

Após o achado ela acionou a Polícia Militar, que deslocou uma equipe até o local,a qual constatou o fato acionando, por sua vez, o médico do SAMU que atestou a morte.

O Instituto Médico Legal e a Criminalística também foram acionados para o local de morte.

Devido ao estado do corpo da vítima, a suspeita é de que Maria foi agredida com violência na região da cabeça, o autor teria batido a cabeça da vítima várias vezes contra o chão, o fato teria ocorrido ainda na noite de ontem, seu corpo foi recolhido pelo IML.

Maria, que não tinha parentes aqui, pois era natural de Caiçara no Rio Grande do Sul, completaria 61 anos na próxima quinta, dia 10/09.

Cena do crime
A cena encontrada no interior do bar mostrava Maria caída atrás do balcão com muito sangue no rosto e na região da cabeça mostrando que ela foi agredida com muita violência, tanto que a agressão causou a sua morte.

Em cima do balcão, três garrafas de cerveja com dois copos ainda pela metade, o que leva a acreditar que ela atendia a duas pessoas, inclusive a luz do banheiro masculino estava acesa.

Ou ela foi assassinada pelos clientes que estavam bebendo aquelas cervejas ou por alguém que entrou logo depois que esses clientes saíram, o que é menos provável.





















3 comentários:

Anônimo disse...

Que covardia em/se aproveitarem de uma mulher sozinha

Anônimo disse...

Coitadaaa!! Ela era uma ótima cliente na loja em que trabalho!

Anônimo disse...

Miseriicordia.....

Postar um comentário