sexta-feira, outubro 16, 2015


Covardia:Filho manda matar o próprio pai por dinheiro segundo a Policia Civil.

0


A Polícia Civil de Ponta Grossa solucionou, na manhã de hoje, o mistério em torno do caso do assassinato de Antônio Bartoszewski de 52 anos em maio deste ano, o qual foi morto com quatro tiros quando saia de um culto da igreja que frequentava.

Duas pessoas foram presas na manhã desta sexta feira, 16/10 pelo Setor de Homicídios da Polícia Civil, são eles o atirador e mandante do crime, filho do empresário morto.

Ambos foram encaminhados para a carceragem da 13ª SDP na manhã de hoje depois de serem presos por equipes da Delegacia de Homicídios que é comandada pela delegada Tania Maria Sviercoski.

Segundo Jonathan Santos,que foi preso hoje de manhã no Ouro Verde e que teria feito a tocaia na saída da igreja e atirado na vitima , ele iria receber 5.000 mil reais de Antônio Bartoszewski  Junior, 25 anos, único filho da vitima.

Antonio Junior acusado de ser o mandante do crime, foi preso na manhã de hoje na casa da sua sogra na Vila Cipa por equipes da Policia Civil.

Junior nega o crime, mas o atirador afirma e diz que recebeu apenas parte do dinheiro prometido, cerca de 1.500,00 reais.


Na tarde de hoje os dois acusados foram apresentados pela Delegada Tania Sviercoski na 13ª SDP.

Junior negou o crime e disse não ter participação na morte do pai, Jonathan por sua vez disse que matou a vitima porque este teria "mexido" com sua mulher.

Já nas investigações e nos depoimentos,segundo a delegada o atirador disse que a mando de Junior e da oferta de receber 5 mil reais ele aceitou matar a vitima e a arma segundo a delegada teria sido entregue ao assassino pelo filho da vitima que alegou a Jonathan que precisava de dinheiro por isso queria o pai morto.

Os dois estão sendo indiciados por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe.








Relembre o caso:

Relatório do 2º GB
28/05/2015 
21:41
Posto Uvaranas
Ferimento por arma de fogo
Atendimento pré-hospitalar
Endereço: Rua Padre Arnaldo Janssen, Num: 0000 -- Bairro: Uvaranas
Referência: A ocorrência foi na rua Naldi Teixeira
Municipio: Ponta Grossa
AA 8308 (Posto Uvaranas)

ANTONIO BARTOSZEWSKI, 52 anos, Óbito 
Destino: Entregue a outro órgão 
Órgão: A vitima ficou em responsabilidade da PMPR.
..........

RS POLICIA

Segundo as informações coletadas no local a vitima estava no interior da igreja com sua esposa, ao sair do local e se dirigir até seu carro foi alvejado por quatro disparos de arma de fogo, dois tiros acertaram suas costas, um o seu ombro e outro seu peito.

Ainda segundo as informações o atirador  chegou a entrar na igreja e perguntar se iria demorar muito para o término reunião, logo após receber a resposta saiu e ficou do outro lado da rua esperando sua vitima.

Infelizmente ninguém esperava o que estava para acontecer logo que saíram do interior da igreja ,e como disse um amigo que pertence àquela igreja, muitos como tem costume ficam ainda um pouco por frente da igreja conversando, nisso o casal se deslocou para o carro e Antonio foi alvejado.

A equipe do Siate estava no local três minutos depois, mas infelizmente nada mais podia ser feito a vitima já estava em óbito.

Compareceram ao local também equipes do SAMU, PM, Setor de Homicídios da PC, IC e IML.




















0 comentários:

Postar um comentário