segunda-feira, dezembro 21, 2015


Suspeita em homicídio mostra local onde pode estar o corpo na manhã de hoje.

0

Hoje pela manhã uma equipe comandada pelo delegado Marcus Vinícios Sebastião,titular do 2º Distrito em Ponta Grossa e também da delegacia de Carambeí esteve no local onde teria sido enterrado o corpo de José Valdines de Lima, 37 anos, conhecido como Dinei, que desapareceu no dia 17 de janeiro deste ano.

O delegado recebeu a informação que uma das acusadas de envolvimento na morte iria revelar onde estava o corpo.

Acompanhada de sua advogada, ela foi trazida de Castro para Carambeí pela manhã, e  levou os policiais até o final da Rua Pinheiros em uma área de mata, onde disse que poderia ter sido levado o corpo de Dinei, ela não estaria junto no momento da morte e nem da desova.

Uma equipe da Defesa Civil foi para o local auxiliar nas buscas , mas nada além de um pedaço de osso foi localizado, este material foi recolhido e seria enviado para análise.

Segundo o que teria sido apurado, os envolvidos no crime teriam jogado cal e ácido nos restos da vitima para ajudar a consumir com o corpo e dificultar o reconhecimento.

Segundo o delegado, isso mostra que a policia não esqueceu o caso, e alguns exames em peças de roupas com sangue ainda não saíram, isso pode ajudar a comprovar o envolvimento de suspeitos que foram presos em maio deste ano pelo delegado e sua equipe em Carambeí. 

O delegado não descarta que mais pessoas podem ser encaminhadas para serem ouvidas e até presas neste caso.


















Relembre o caso...


Os suspeitos de tráfico e possível homicídio foram presos em operação na manhã do dia sete desde mês em Carambeí.

Segundo o delegado Marcus  Vinícius Sebastião titular da Delegacia de Carambeí, os três que foram neste dia tinham mandado de prisão preventiva.

Policiais Civis com apoio da Policia Militar iniciaram a operação para cumprir os mandados de prisão e mais seis de busca e apreensão por volta das 06h da manhã da quinta feira dia 07/05, o Jd Eldorado era o ponto mais visado pelos policiais.

Nesta região os três suspeitos foram detidos,uma quarta pessoa conseguiu escapar, em uma das casas a policia encontrou uma caderneta com várias anotações que remetem ao tráfico de drogas, nomes, quantias e valores estava tudo anotado nesta caderneta que foi apreendida pela policia.

Segundo o delegado as investigações começaram depois que a família de José Valdines de Lima, 37 anos, conhecido como Dinei, que desapareceu no dia 17 de janeiro deste ano, o procurou para relatar o seu desaparecimento,e havia suspeita de que ele teria sido levado a força da casa. Segundo os relatos de familiares, todos estavam na residência e acabaram saindo, ficando apenas a vitima na casa, quando voltaram o celular do desaparecido estava na casa e carregando, o ventilador ligado e a aporta aberta, desde então não se tem noticias dele.

As investigações que duraram cerca de três meses, e ainda não terminaram, levaram a policia até os três suspeitos no início do mês, outra prisão aconteceu esta semana e foi aqui em Ponta Grossa, local onde uma mulher foi detida para averiguações e apurar o envolvimento dela no caso.

Segundo a policia ela teria fugido da cidade de Carambeí e ido para outra cidade, esta semana foi presa quando retornou e se escondeu em Ponta Grossa.

Os outros três suspeitos são:Diego Rafael dos Santos, 30 anos, conhecido como Dieguinho
                                               Carlos Moreira Santos, 24 anos, conhecido como Cacico
                                               José Maria de Oliveira, 30 anos, conhecido como Pataço 

Na data de ontem, buscas foram realizadas pela Policia Civil de Carambeí na tentativa de localizar o corpo de Dinei, mas sem sucesso, nesta primeira investida. 

As buscas devem retornar semana que vem comandadas pelo Delegado Marcus Sebastião titular da delegacia de Carambeí.






0 comentários:

Postar um comentário