quarta-feira, dezembro 02, 2015


Trágico:A verdade sobre o desaparecimento e morte de Angela Camila

0

Dias atrás começou a circular pelas redes sociais, principalmente pelo WhatsApp, a foto dessa garotinha de 11 anos sob a suposta denúncia de que ela teria desaparecido aqui na cidade de Ponta Grossa, e seu nome foi divulgado como sendo Ângela Camila.

Ontem (01/12) começaram a circular informações de que ela foi encontrada morta em um poço, inclusive acompanhadas de fotos de uma menina sendo retirada de dentro de um poço.

Devido às muitas perguntas que chegaram até a página através do Whatsapp e demais meios, resolvi fazer esta matéria para explicar a todos o que realmente aconteceu e falar sobre a forma trágica mas verdadeira de como essa criança foi morta e também explicar a origem das fotos da garota sendo retirada de um poço.

A menina na verdade se chamava Luana de Souza Silva que tinha apenas 11 anos quando foi morta no dia 28 de novembro passado na região metropolitana de Salvador.

Luana foi assassinada de forma cruel, ela foi morta a facadas, facadas estas desferidas pelo seu primo, o motivo do assassinato, segundo ele, foi o ciúme que a sua namorada tinha da criança.

Já a garota que aparece nas fotos sendo retirada do poço, é uma adolescente que foi estuprada e espancada até a morte por cinco adolescentes, o fato aconteceu no município de Capistrano (102 km de Fortaleza) em julho deste ano.






Abaixo trago a nota publicada na região onde Luana foi morta.

Adolescente de 11 anos é morta a facadas pelo primo
 Data em que foi postada a notícia: segunda-feira, 30 de novembro de 2015
                                                             Luana de Souza Silva

Uma criança de 11 anos foi morta a facadas pelo próprio primo, na madrugada deste sábado (28), na localidade de Barra de Pojuca, em Camaçari, região metropolitana de Salvador.

Policiais encontraram o corpo de Luana de Souza Silva que estava em um matagal próximo a um rio em que a garota, o primo e sua companheira foram nadar na região durante o dia.

Após os familiares perceberem que Luana não havia chegado, eles saíram em busca da garota e logo depois, o corpo foi identificado pelo pai dela. 




                                                            Uilton da Silva Brandão

Em depoimento, o primo de Luana, Uilton da Silva Brandão, 18 anos, alegou que o motivo do crime foi por causa de ciúmes que sua namorada D. L. S., 16 anos, tinha dele com a criança e que o homicídio foi "ordenado" por sua companheira. A versão da adolescente é que elas estavam no rio e que na volta ela foi para casa. 




                                                                     D.L.S.
De acordo com a polícia, peritos fizeram o levantamento cadavérico e ainda durante a madrugada do sábado (28), os autores do crime foram encaminhados para a 33ª Delegacia Territorial, em Monte Gordo e foram ouvidos pelo delegado Luiz Henrique do Plantão Central. Após confessar, Uilton da Silva Brandão foi preso em flagrante. A namorada dele foi apreendida e encaminhada para a delegacia especializada em Salvador.

Com informações: Diário da Noticia



0 comentários:

Postar um comentário