sexta-feira, dezembro 18, 2015


Vendaval destelhou 67 casas e derrubou 13 árvores, uma caiu sobre duas pessoas

0


O forte vendaval que atingiu Ponta Grossa na tarde de hoje por muita sorte durou poucos minutos, mesmo assim os estragos foram muitos.

Moradores principalmente da região de Nova Rússia, foram os mais afetados,

No final da Rua Alto Paraná, próximo do Shopping Total um pinheiro caiu sobre outra árvore e derrubando parte dela também e acabou atingindo duas pessoas ferindo uma delas gravemente.

Elite Mendes, 56 anos politraumatizada foi encaminhada para o Hospital santa Casa em estado grave, a outra vitima um homem de 27 anos foi encaminhado com fratura na perna esquerda, clavícula direita e um corte contuso no rosto para o Hospital Municipal.

A senhora Elite Mendes, sofreu fratura nas duas pernas, pelve e no braço direito.

Na Rua Alberto de Oliveira um muro caiu sobre dois carros destruindo ambos os veículos, o nesta mesma rua a Estética do Automóvel teve parte do seu telhado arrancado.

No total foram 67 casas destelhadas, 13 árvores que caíram sobre casas, outras várias também caíram sobre as ruas,outras apenas parte delas, uma dessas foi ao lado da 13ª SDP que caiu sobre um carro.

 Na Boa Vista, um poste teve que ser substituído, segundo o morador Claudio, depois de um acidente no último domingo que destruiu a parte de baixo do poste, várias ligações foram feitas para a Copel pedindo a substituição do poste pois ele ficou pendendo para o lado sua casa, mas não foi atendido, hoje depois do vendaval, o poste pendeu para o meio da rua , colocando em risco outras casas e também carros e pessoas que utilizam aquela via, hoje a substituição foi realizada.

O corpo de Bombeiros recebeu o primeiro chamado as 14h23,e começou os atendimentos que vieram um atrás do outro.

Atendimentos a cortes de árvores e destelhamentos aconteceram na Vila Mariana, Dom Bosco, Dona Luíza, Santa Marta, Los Angeles, Nova Rússia, Uvaranas, Palmeirinha , Santa Lúcia , Oficinas, Santa Terezinha, Vila Margarida, Santa Paula e região central.









































0 comentários:

Postar um comentário