sexta-feira, janeiro 08, 2016


Aniversário sangrento: Morador de Uvaranas é morto a tiros na noite de ontem.

0

O morador do Jd Paraíso, Diego Alexandre da Cunha, 29 anos foi morto a tiros quando descia do seu carro na noite de ontem na Rua Silvio Ferreira de Matos na Vila Romana, região onde a vitima já havia morado antes.

Ao chegar ao lado do Bar e Lanchonete Andreia Lanches, a vitima desceu do carro , o atirador já devia estar esperando por ele, pois chegou atirando contra a vitima, segundo as informações em torno de cinco disparos fora  ouvidos no local, quatro deles atingiram Diego.

Um outro homem também foi ferido na mesma ocorrência, não houve a informação se ele chegou ao local junto com a vitima fatal.

Adilson Merett Campos, 36 anos foi alvejado com um disparo e esta internado na Santa Casa com escolta policial pois ao ser verificado seu nome foi constatado pela Policia Militar que havia um mandado de prisão em seu nome e assim recebeu voz de prisão.

Diego foi morto no dia do seu aniversário, pois ontem ele comemorava 29 anos.

Estiveram no local da ocorrência a Policia Militar,Corpo de Bombeiros, Setor de Homicídio da Policia Civil, IML e IC.
....

Relatório do Corpo de Bombeiros
07/01/2016 
23:50 Posto Nova Russia
•  Ferimento por arma de fogo
•  Atendimento pré-hospitalar,Transporte ao hospital
•  Endereço: Rua Silvio Ferreira de Matos, Num: 000 -- Bairro: VILA ROMANA
•  Referência: Próximo a Andréia Lanches.
•  Município: Ponta Grossa
•  ABS 9580 (Central)
•  AA 8310 (Posto Nova Russia)
•  ADILSON MERETT CAMPOS, 36 anos, Ferimentos considerados graves com risco à vida Destino: Hospital Santa Casa

•  DIEGO ALEXANDRE DA CUNHA, 30 anos, Óbito 
Destino: IML Ponta Grossa.
.....

Relatório da Policia Militar

OCORRÊNCIA: Atendimento em Local de Morte  
Data 07/01/2016
HORÁRIO: 23h20min
Local: Rua Silvio Ferreira de Matos

DESCRIÇÃO: Repassado via Copom que no referido endereço, estaria um indivíduo caído em via pública, ferido por arma de fogo. A equipe do Siate já se encontrava no local, onde foi constatado o óbito da vítima. Em contato com testemunhas, as mesmas não souberam informar quem teriam sido os autores. Na sequência, chegou ao conhecimento da equipe que havia mais uma vítima próximo ao local, e que este teria sido encaminhado pela equipe do Siate ao hospital. Foi verificado que o mesmo constava como evadido do sistema prisional, desta forma, permanecendo sob escolta no hospital. 
Acionados IML e Criminalística.




















0 comentários:

Postar um comentário