domingo, janeiro 31, 2016


Ossada encontrada hoje na Francelina pode ser de jovem desaparecido ano passado

0


A ossada humana encontrada na tarde de hoje nos fundos de uma casa na Rua Guilherme Sheiffer, Nº 20, na Vila Francelina, pode ser de um jovem que está desaparecido desde o ano passado.

Bruno Guilherme Czech, 19 anos, sumiu no dia 27 de novembro passado(2015) desde então não se tinha noticias do rapaz, hoje está fazendo 65 dias do seu desaparecimento.

Na noite de ontem por volta das 20h o Corpo de Bombeiros foi acionado para dar combate a um incêndio em residência no endereço onde foi encontrada a ossada hoje (31/01), quando a equipe chegou no local verificaram que o morador havia colocado fogo no seu carro,combatido o fogo os Bombeiros deram por encerrada a ocorrência pois o morador havia se evadido do local.

Às 21h40 novo chamado para o mesmo local, desta vez o morador havia retornado e ateado fogo na casa que ficou parcialmente destruída pois os Bombeiros chegaram rápido no local.

Durante este sinistro o suspeito teria dito para populares que havia matado o Bruno naquele local, Bruno seria morador da rua de cima e que estava desaparecido desde o ano passado.
Depois de ter falado isso ele teria se evadido novamente.

Na manhã de hoje, populares resolveram vasculhar a casa ou o que restou dela e pelo terreno da casa o qual termina em um córrego que passa nos fundos da propriedade.

Durante as buscas acabaram encontrando ossos que possivelmente seriam do fêmur e costelas, nisso foi acionado a Policia Militar que foi para o local e constatou o fato, acionando por sua vez o Instituto de Criminalística e o IML que recolheu a ossada que estava em dois locais, possivelmente porque cães devem ter arrastado pedaços para comer no primeiro local onde foi encontrado pedaços dos ossos, os outros estavam no local onde foi desovado o corpo ao lado do córrego.

A Policia Militar fez várias investidas onde ele poderia estar, mas por enquanto não logrou êxito em localizar o possível autor do homicídio e ocultação de cadáver.

Vale ressaltar que a família esta acreditando que a ossada seja de Bruno, mas isso só poderá ser comprovado através de exame de DNA.

























0 comentários:

Postar um comentário