quinta-feira, fevereiro 18, 2016


Acusado da morte de PM do BOPE é preso em Ponta Grossa na região de Vila Oficinas

0

A prisão aconteceu às 17h desta quinta feira (18/02) na região da Vila Cipa.

A P2, Serviço de Inteligência do BOPE de Curitiba, tinha informações de que um dos elementos que fugiram após um confronto que aconteceu no final de novembro do ano passado e que matou o policial Cleverson dos Santos estava escondido em Ponta Grossa.

O confronto aconteceu no dia 27 de novembro do ano passado após um roubo na loja da SKY no centro de São José dos Pinhais, na ocasião policiais do BOPE deslocaram até o local e foram recebidos a tiros pelos marginais.

No confronto um dos bandidos morreu e dois conseguiram fugir, o policial integrante do BOPE de Curitiba Cleverson dos Santos, de 40 anos, levou um tiro no peito e faleceu.

Um dos elementos que conseguiu escapar no dia do confronto era Emerson de Oliveira Araújo, 26 anos, ele foi preso pela equipe de inteligência do BOPE e encaminhado para a 13ª SDP.










Relembre o caso publicado no dia 27/11



Uma troca de tiros após o assalto a uma loja da SKY na Av. Rui Barbosa, no Centro de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, terminou com um policial militar morto na manhã desta sexta-feira (27/11/2015). Um soldado do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), de 40 anos, não resistiu após ser baleado no peito na troca de tiros com um dos bandidos. Além dele, o marginal também morreu depois de manter uma pessoa como refém e iniciar outro confronto com policiais.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar (PM), o BOPE foi avisado do assalto em andamento e foi recebido a tiros. Um dos bandidos subiu pelo telhado de uma residência e, neste momento, atirou contra o policial, que foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Outro PM levou um tiro na perna e não corre risco de morte.

Após a primeira troca de tiros, o bandido entrou em uma residência e manteve uma mulher como refém, até quando o BOPE invadiu a casa e o matou em confronto. A mulher foi retirada com vida e sem ferimentos. No local, os policiais não se conformavam com a morte do companheiro e, devido à comoção, a PM não gravou entrevista sobre o caso.

Uma testemunha da ação lamentou a morte do policial. “Eles chegaram em cima da hora e quando foram ao telhado acabaram levando os tiros. Além desse que morreu, outro PM levou um tiro na perna. A gente lamenta pela vida desse policial”, afirmou.

Outros dois suspeitos de participarem do assalto fugiram e não foram localizados. 
Várias equipes da PM fazem buscas para prendê-los, com o apoio do helicóptero da corporação.

Texto: Band B
...

RS POLICIA
O policial militar que morreu Cleverson dos Santos, 40 anos era do BOPE.

Imagens: Recebidas via Whats/Reprodução













0 comentários:

Postar um comentário