quinta-feira, julho 28, 2016


P2 localiza corpo de jovem desaparecido e prende um dos envolvidos na tarde de hoje

0

O encontro do corpo do jovem  Allan Vinicius da Silva, 18 anos foi localizado por equipes do Serviço de Inteligência do 1º BPM após uma denúncia anônima.

O trabalho de investigação e localização do cadáver acabou com a procura e sofrimento da família que estava em busca da localização do jovem desde o seu desaparecimento há 24 dias.

Após receber a informação que o corpo poderia estar enterrado ao lado de uma casa abandonada na Vila Cristina as equipes da P2 foram para o local.

A informação dava conta que o corpo teria sido enterrado e no local haviam sido queimados alguns objetos.

No local indicado os policiais militares procuraram escavando o local com ferramentas emprestadas por moradores, o corpo havia sido enterrado após ser enrolado e amarrado a um cobertor.

Em cima da cova que fizeram, os assassinos queimaram um sofá e um colchão velho para disfarçar o local.

Ao que tudo indica o jovem foi morto  na parte da frente da casa, onde ainda se podia ver a terra avermelhada de sangue, inclusive segundo as informações a mãe do menor teria estado neste local procurando pelo filho, e teria encontrado a poça de sangue coagulado, mas não sabia que era de seu filho e nem mesmo imaginou que ele estaria enterrado a poucos metros dali.

Logo após o encontro do cadáver as equipes do Serviço de Inteligência foram atrás dos suspeitos do crime, um deles não foi localizado, o outro conseguiu fugir da primeira abordagem ali mesmo na região, mas as equipes fizeram um cerco na área e conseguiram prende-lo embaixo da cama de uma casa onde se escondeu.

Marcelo Ramos Dias foi encaminhado para a delegacia, as equipes seguem com as diligências para prender o segundo envolvido, Jean Carlos Betim o qual já tem mandado de prisão em seu nome por ser foragido da Colônia Penal.

Segundo o suspeito que foi preso ,ele a vitima e Jean foram até próximo do local no dia 03/07,para fumar  maconha, após fazerem uso da droga, a vitima e o outro acusado saíram juntos, sendo que Jean voltou e disse para Marcelo que precisava dele.

Os dois foram até a casa e lá Marcelo viu que Allan estava morto, Jean teria dito que o jovem lhe devia cerca de quinhentos reais em crack e por isso o teria matado com golpes de barra de ferro na cabeça e o enforcado com fio de luz.


Marcelo disse que ajudou Jean a enterrar o corpo porque teria sido ameaçado.






























0 comentários:

Postar um comentário