quarta-feira, novembro 15, 2017


Empresário morre após colisão enquanto pedalava com amigos na rodovia para Itaiacoca

12


O sinistro aconteceu por volta das 20h30 desta terça feira (14/11) na PR 513, estrada que liga Ponta Grossa a Itaiacoca, próximo à entrada para o Aterro do Botuquara.

Segundo as informações no local do acidente, um grupo de amigos ciclistas seguia sentido Ponta Grossa quando um veículo tentou desviar de um trator que estava na pista e bateu de frente contra o ciclista.

Amigos que pedalavam junto acionaram o Corpo de Bombeiros que deslocou o Siate Uvaranas para o local, a equipe Alfa(médica) do Samu também foi deslocada, pois as primeiras informações seriam de que a vitima estava inconsciente.

No local o médico constatou o óbito da vitima, que foi identificado como Estélio Viatroski de 38 anos, outro ciclista também ficou ferido e foi atendido e encaminhado para o Hospital pelo Siate com ferimentos leves.

A Polícia Militar esteve no local para atender a ocorrência e fez o encaminhamento do motorista, cujo teste do etilômetro deu negativo, para a Delegacia.

Como deu negativo o resultado para ingestão de bebida alcoólica, e por ele ter permanecido no local do acidente, ele foi ouvido e liberado, o inquérito vai correr pelo Distrito competente. 

Estélio era proprietário de uma loja de som automotivo perto do Zucão.

O Instituto de Criminalística e o IML foram acionados para periciar o local e recolher o corpo da vítima.




















12 comentários:

Anônimo disse...

QUANTOS MAIS VAI PRECISAR MORRER PARA AS AUTORIDADES FAZER A CICLOVIA NESSE LOCAL OU UM ACOSTAMENTO PELO MENOS. FALAR BONITO FALAM MAS EXECUÇÃO DE OBRA ATE AGORA NADA.

Vanderlei Alves disse...

Andar de bicicleta hoje em dia em qualquer lugar junto com veículos automotor é uma atividade de alto risco a vida não vale a pena. ...

Anônimo disse...

Lamentável, os políticos do nosso país são muito hipócritas!

Anônimo disse...

Lamentável...

Anônimo disse...

Affs ...
Nós ciclistas sentimos desprotegido...
Saímos para dá uma volta e não sabemos se vamos voltar...

Paulo Muller disse...

Que deus conforte a familia ..pena q nao temos ciclovia na cidade .i nosso prefeito ..falou no radio ontem q vao faser varias praças na cidade 300.mil reais cada uma ..pra q praça pra .encher de ..drogados ..

Paulo Muller disse...

Muito engraçado .dinheiro pra faser campos de sosaity agora vao fazer varias praças .no valor de 300 mil cada uma tem ...mais pra asfaltar ruas e faser ciclovias nao tem verba

Regis Godoy disse...

Sentimentos a família e amigos...jovem muito querido e respeitado pelo seu trabalho e educação....grande perda

Carlos Marcelo disse...

Gosto de ciclismo, mas em Ponta Grossa não tem condições seguras de transitar com bicicleta. Comprei uma tentei utiliza-la, mas sofri alguns sustos nas ruas da cidade, onde não possui ciclovia. Falta de planejamento adequado e interesse político pra formulação de uma legislação atualizada que venha de encontro com metas de urbanização visando o incentivo a práticas saudáveis e que melhorem o meio ambiente local, que é o caso da utilização do transporte alternativo - a bike.

Christian Schultz disse...

Uma vida ceifada por motivos fúteis... Velocidade e falta de atenção... Deus conforte o coração dos familiares

Anônimo disse...

Não temos mais o direito de andar a pé de bicicleta de carro pra é falta se segurança em todas as areas sinto muito pela perca desse rapaz jovem empresario conhecido e amigo de muita gente inclusive de minha familia força pra família só Deus pra confortar

Anônimo disse...

Essa rodovia é de responsabilidade do DER/PR a construção de ciclovia.

Postar um comentário